Barça busca melhorar defesa e ataque para confronto com Real Madrid

O Barcelona precisa ser mais eficiente na frente do gol e eliminar os erros defensivos para derrotar o Real Madrid nas semifinais da Copa do Rei, disseram o assistente-técnico Jordi Roura e o meio-campista Cesc Fabregas, nesta segunda-feira.

Reuters

25 de fevereiro de 2013 | 13h52

O Barça tem uma ligeira vantagem para a partida de volta na terça-feira no Camp Nou, depois de garantir um empate por 1 x 1 no Santiago Bernabéu no primeiro jogo, no mês passado.

No entanto, a equipe sofreu com a falta de ideias no ataque na derrota por 2 x 0 para o defensivo Milan, na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, na semana passada, e novamente se mostraram vulneráveis na defesa na vitória por 2 x 1 contra o Sevilla, pela liga espanhola, no sábado em casa.

Foi a 11a partida consecutiva em todas as competições em que os líderes do Campeonato Espanhol não conseguiram terminar sem sofrer gol.

"Vimos que alguns dos gols sofridos foram por nossa culpa e vamos tentar corrigir isso", afirmou Roura, substituindo Tito Vilanova enquanto ele se recupera de uma cirurgia na garganta, em uma coletiva de imprensa.

Fabregas, que marcou o primeiro gol do Barça no jogo de ida, disse que ele e os colegas de equipe precisam ser tão duros quanto o Real em aproveitar as chances.

"Temos que ser tão eficazes quanto possível no jogo de volta porque eles são assim", disse ele à Barça TV, nesta segunda-feira. "É crucial marcar, e não sentar e esperar para ver o que acontece."

(Por Iain Rogers)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTBARCAMELHORAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.