Javire Barbancho/Reuters
Javire Barbancho/Reuters

Barcelona começa a luta para ser bicampeão de clubes da Europa

Desde 1992, nenhum time foi campeão duas vezes seguidas

O Estado de S.Paulo

16 de setembro de 2015 | 07h00

Ganhador de quatro das últimas dez edições da Liga dos Campeões (2006, 2009, 2011 e 2015), o Barcelona entra nesta quarta-feira na competição nesta temporada com o objetivo de conseguir o que nenhum clube conseguiu desde 1992, quando o torneio mudou de formato e passou a ser disputado por mais times (até então apenas o campeão de cada país tinha direito de participar): levantar a taça dois anos seguidos. O primeiro adversário é a Roma, em jogo que será disputado na Itália.

A arma do técnico Luis Enrique para levar o time a uma façanha que nem a máquina dirigida por Pep Guardiola entre 2008 e 2012 foi capaz é a mesma que conduziu a equipe ao título na temporada passada: o trio ofensivo formado por Messi, Suárez e Neymar. Juntos, eles marcaram 27 gols na última edição. Foram dez do brasileiro, dez do argentino e sete do uruguaio.

Outro candidato ao título que estreia nesta quarta é o Bayern de Munique. A equipe dirigida por Pep Guardiola enfrenta o Olympiacos em Atenas. “Na Liga dos Campeões todos os times são bons. Será um jogo muito duro, num ambiente espetacular”, disse o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.