Barça diz que lesão de Ronaldinho é diferente das anteriores

Jogador sofreu uma ruptura no músculo adutor da perna direita na quinta-feira e ficará seis semanas parado

Efe

05 de abril de 2008 | 11h53

Ricard Pruna e Toni Tramullas, médicos da equipe principal do Barcelona, afirmaram neste sábado que a nova lesão do meia-atacante brasileiro Ronaldinho Gaúcho não tem relação com as dores que o impediram de jogar os últimos cinco jogos do time, e negaram terem escondido informações sobre a saúde do jogador.   Ronaldinho Gaúcho sofreu uma ruptura no músculo adutor da perna direita na quinta-feira e ficará seis semanas parado. Segundo Pruna, a equipe médica do Barcelona não tem intenção alguma de "transformar, mascarar ou dizer algo que não aconteceu".   Pruna se amparou na "confidencialidade" das informações médicas e negou categoricamente ter recebido qualquer tipo de pressão externa na hora de redigir o comunicado que dava informações da contusão do jogador brasileiro.   O corpo médico do Barça também disse que sempre respeitou o que Ronaldinho Gaúcho dizia estar sentindo e esclareceu que o jogador só voltou a treinar "quando se viu em condições de fazê-lo". "Ele inclusive comentou que queria jogar", relatou Pruna.   O médico explicou que a nova lesão do brasileiro aconteceu "em um lance do jogo-treino junto com (o zagueiro brasileiro) Edmílson", e que Ronaldinho Gaúcho explicou, ao fim da sessão, que tinha sentido uma pontada. Após os exames médicos, o clube comunicou na tarde da sexta-feira que o brasileiro ficaria seis semanas parado.   Pruna também admitiu que "dificilmente" Ronaldinho Gaúcho voltará a jogar uma partida oficial ainda nesta temporada Os médicos também não quiseram avaliar as atitudes de Ronaldinho Gaúcho fora dos gramados. "Não somos policiais, nem executores, nem ditadores de um veredicto, não tentamos convencer ninguém de nada", disse Pruna.   Mas o especialista ressaltou que sua função é "explicar ao jogador o que ocorre e o porquê disso, mesmo que ele tenha a informação médica e tenha muito que pensar por que está lesionado".   Já Tramullas frisou que Ronaldinho Gaúcho "sempre" esteve em condições de cumprir os tratamentos de fisioterapia. Os médicos não confirmaram se o jogador viajará ao Brasil para concluir sua recuperação.

Tudo o que sabemos sobre:
Barcelona FCRonaldinho Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.