Barça espera novo show de Ronaldinho

Invicto há sete partidas, o Barcelona recebe nesta quarta-feira, no Camp Nou, o Brondby, da Dinamarca, no jogo de volta pela terceira fase da Copa da Uefa. Na partida de ida, semana passada, o Barça venceu por 1 a 0, gol de Ronaldinho Gaúcho - agora, basta um empate para que o clube espanhol avance às oitavas-de-final do torneio.O técnico Frank Rijkaard parece ter finalmente encontrado a harmonia do grupo. Depois de altos e baixos na temporada, o time se acertou e agora todas as atenções estão voltadas para a Copa da Uefa, única competição em que o Barça ainda tem chances de chegar.Em 2004, o Barcelona venceu nove dos 14 jogos, empatou dois (contra Athletic Bilbao, pelo Campeonato Espanhol, e Zaragoza, pela Copa do Rei) e perdeu três (frente ao Racing, pela Liga, e Levante e Zaragoza, pela Copa do Rei). "Os jogadores têm feito o seu trabalho, mostrado coragem e, por ter encontrado um alto nível, temos conquistado as vitórias. Jogando assim, aumentam as possibilidades de vencermos as partidas", analisou o treinador holandês.Com Ronaldinho Gaúcho em grande fase, Rijkaard se mostra confiante. Para evitar qualquer queda de rendimento, o técnico promete repetir o mesmo time que vem dando espetáculos nas últimas rodadas do Campeonato Espanhol. A única exceção será o volante Davids, que não está inscrito na Copa da Uefa. Para o lugar do holandês, ele confirmou a entrada do brasileiro Thiago Motta.O treinador não quer assumir o favoritismo, apesar de a imprensa dinamarquesa reconhecer que a missão do Brondby é praticamente impossível. "Eles não tem nada a perder, e já demonstraram na Dinamarca que formam uma boa equipe. Os jogadores estarão muito motivados para realizar uma grande partida em um cenário tão bonito como o Camp Nou. Nós temos que entrar em campo com muita seriedade para evitar sustos. Não podemos subestimar o rival."Do lado do Brondby, o técnico Michael Laudrup, que defendeu o adversário quando era jogador, está muito preocupado com a habilidade de Ronaldinho Gaúcho e sua atual fase, principalmente por ter marcado gols importantes quando a equipe espanhola atravessava maus momentos. "Ele é, na verdade, um dos melhores jogadores do mundo no momento. Com certeza, está entre os cinco melhores."

Agencia Estado,

02 de março de 2004 | 19h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.