Reprodução/FC Barcelona
Reprodução/FC Barcelona

Barça fará na África do Sul um amistoso pelos 100 anos do nascimento de Mandela

Clube catalão transmitirá em seu site o jogo contra o Mamelodi Sundowns, atual campeão sul-africano, no dia 16 de maio

Estadão Conteúdo

10 Maio 2018 | 11h26

Nelson Mandela morreu en 2013, aos 95 anos de idade, consagrado como uma das maiores personalidades da história da humanidade. Porém, a sua memória continua sendo comemorada na África do Sul, onde o Barcelona confirmou oficialmente nesta quinta-feira que fará um amistoso, na próxima quarta, em um dos atos comemorativos do centenário de nascimento do ícone, que completaria 100 no dia 18 de julho.

+ Com gols brasileiros, Barcelona vence jogo atrasado do Espanhol contra o Villarreal

+ Atlético de Madrid ameaça processar Barcelona por coação a Griezmann

+ Com Coutinho na capa, Pro Evolution Soccer 2019 chega em agosto

A partida será contra o Mamelodi Sundowns, atual campeão sul-africano, em Joanesburgo, e ocorrerá no Fest National Bank Stadium, antes conhecido como Soccer City, que foi o principal palco da Copa do Mundo de 2010, conquistada pela Espanha.

O duelo, denominado de Copa Centenário Mandela, será apenas uma das muitas celebrações do centenário de nascimento de Mandela, que ocorrerão ao longo de todo este ano.

"O Barcelona sempre manifestou uma grande admiração por Nelson Mandela, umas das grandes figuras do século XX, que depois de 27 anos preso se converteu no primeiro presidente da África do Sul eleito por sufrágio universal, de 1994 até 1999. Mandela representou o espírito de luta pela liberdade e igualdade das pessoas, foi capaz de conseguir a unidade de um país dividido e liderou o processo democrático multirracial na África do Sul, e terminou com o apartheid graças a este espírito conciliador com o qual o clube se sente muito identificado", ressaltou o Barcelona, por meio de nota publicada nesta quarta em seu site oficial.

O Barça lembrou que, quando Mandela morreu, em sinal de luto o time atuou com uma tarja negra nos uniformes de seus jogadores em uma partida contra o Cartagena em 2013. E o clube também lembrou de frases históricas nas quais o líder exaltou a importância do esporte para promover a integração entre os povos.

"O esporte tem o poder de mudar o mundo e de levar esperança e criar comunicação com os jovens. O esporte tenho o poder de motivar e unir os povos. O esporte é um instrumento para chegar ao coração das pessoas", disse Mandela em declarações pinçadas pelo Barcelona, que pela segunda vez disputará um jogo na África do Sul.

Antes deste duelo marcado para a próxima quarta, a equipe fez um amistoso contra o mesmo Mamelodi Sundowns, em Pretória, onde venceu o adversário por 2 a 1 com gols de Ezquerro e Marc Crosas diante de cerca de 50 mil pessoas no estádio do duelo.

Campeão do Campeonato Espanhol por antecipação, o Barcelona ainda fará mais dois jogos nesta edição da competição. No domingo enfrentará o Levante, fora de casa, e depois fechará a sua campanha contra a Real Sociedad, no dia 20, no Camp Nou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.