Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Barça recorrerá à CAS para evitar punição por manifestações políticas

Torcida vem se manifestando pela independência da Catalunha

Estadão Conteúdo

23 de dezembro de 2015 | 12h13

A Uefa rejeitou recurso e o Barcelona prometeu recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) para tentar evitar punição em razão de manifestações políticas de sua torcida nas arquibancadas do Camp Nou. A entidade europeia punira o clube catalão com uma multa de 40 mil euros (cerca de R$ 175 mil).

A sanção se deve às manifestações da torcida em favor da independência da Catalunha durante a partida contra o Bayer Leverkusen, em jogo válido pela fase de grupos da Liga dos Campeões, em setembro. Torcedores gritavam a palavra "independência" durante o jogo e exibiam bandeiras que simbolizam a causa separatista.

O Barcelona já havia sido multado em 30 mil euros anteriormente em razão de gritos e cânticos pró-independência na final da Liga dos Campeões da temporada passada, contra a Juventus, em Berlim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.