Barcelona abre o Campeonato Espanhol

O Barcelona abre neste sábado o Campeonato Espanhol. Enfrenta o Alavés fora de casa sem nenhuma novidade. Ronaldinho Gaúcho lidera o time que defende o título da temporada passada. O Real Madrid, provavelmente sem Robinho, estréia no domingo contra o Cadiz. Com exceção do Real, que investiu 48 milhões de euros (Robinho e Julio Baptista), os clubes gastaram pouco. A TV Bandeirantes promete transmitir os principais jogos do campeonato.Antes mesmo da primeira rodada, uma grande polêmica envolve os espanhóis. No centro das discussões a tentativa de Vanderlei Luxemburgo usar o ponto eletrônico nos jogadores para facilitar suas ordens de comando. A imprensa, arbitragem e dirigentes debatem o assunto, sempre contra o plano de Luxemburgo.O técnico, com a cumplicidade dos dirigentes do Real, também fez uma aposta pesada. Montou um time bem brasileiro. Pediu e ganhou Robinho, Julio Baptista e no final do ano pode receber Cicinho e Ricardinho. Dispensou Figo e Samuel, transferidos à Inter de Milão. Se o "projeto pentacampeão" não vingar, Luxemburgo pode abreviar sua passagem pela Europa.Na temporada passada, o Barça também adotou a receita brasileira com Ronaldinho Gaúcho, Edmílson, Belletti, Silvinho e Deco. Não foi longe na Copa dos Campeões da Europa, mas levou o título espanhol. Para brigar contra o Real Madrid, o clube contratou apenas o volante holandês Van Bommel. E espera anunciar segunda-feira a renovação do contrato de Ronaldinho até 2010 - o atual vence em 2008.Nos outros clubes, o Sevilla perdeu Julio Baptista e trouxe Luís Fabiano e Saviola, emprestado do Barça. O Betis cedeu Denílson ao Bordeaux. E o Valencia perdeu o volante Edu, contratado do Arsenal, por contusão - só volta em 2006. Na onda dos brasileiros, o modesto Zaragoza vem com Ewerthon (ex-Corinthians), comprado do Borussia Dortmund.O Villarreal, destaque da temporada passada, fechou em definitivo com Riquelme, que jogou emprestado pelo Barcelona no último campeonato. E aposta mais nos atacantes Forlan (uruguaio) e Figueroa (argentino). Já o decadente Atletico de Madrid investiu nos argentinos para resgatar as vitórias. Carlos Biancchi, o papa-Libertadores, comanda o time.A primeira rodada terá neste sábado: Alavés x Barcelona; Valencia x Betis; e Athletic Bilbao x Real Sociedad. No domingo: Atlético Madrid x Zaragoza; Mallorca x La Coruña; Espanyol x Getafe; Celta x Málaga; Osasuna x Villarreal; Sevilla x Racing; e Cádiz x Real Madrid.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.