Quique García/EFE
Quique García/EFE

Barcelona anuncia a saída de Mascherano, que deve ir para o futebol chinês

Argentino está próximo de ser companheiro de Hernanes e Gervinho no Hebei Fortune

Estadão Conteúdo

23 Janeiro 2018 | 13h50

Após mais de sete anos, Javier Mascherano deixará o Barcelona. Nesta terça-feira, o clube catalão confirmou a saída ao anunciar uma cerimônia de despedida ao argentino marcada para quarta. O destino do jogador de 33 anos não foi oficializado, mas a tendência é que seja o futebol chinês.

+ Ronaldo treina com olho roxo e vai desfalcar o Real na Copa do Rei

+ United segue com maior arrecadação do futebol, à frente de Real e Barça

"Após quase oito temporadas vestindo a camisa azul-grená, Javier Mascherano diz adeus ao Barcelona. O craque argentino fará a sua despedida oficial nesta quarta-feira, às 11h (8h de Brasília), no Auditório 1899, no Camp Nou. O ato terá a presença do presidente Josep Maria Bartomeu e de todo o elenco do time principal", informou o Barça.

A saída de Mascherano já vinha sendo especulada desde o fim da temporada passada, quando o volante perdeu espaço no time titular. O futebol chinês sempre apareceu como principal destino para o argentino e diversos clubes teriam realizado propostas ao Barcelona.

Segundo a imprensa catalã, o Hebei Fortune venceu a disputa e chegou a um acordo com o clube espanhol por 10 milhões de euros (cerca de R$ 39,6 milhões). Se isto for confirmado nesta quarta, Mascherano terá como companheiros de time o brasileiro Hernanes, o marfinense Gervinho e o argentino Ezequiel Lavezzi.

Mascherano chegou no Barcelona no meio de 2010, vindo do Liverpool. O jogador sempre se destacou pela vontade demonstrada em campo e, diante da ausência de defensores no elenco catalão, se firmou nos últimos anos como zagueiro titular. Ao longo de sua trajetória, atuou em 334 partidas pelo clube e marcou somente um gol, de pênalti, na temporada passada. Trata-se do quarto estrangeiro com mais jogos pelo time, atrás apenas de Lionel Messi, Phillip Cocu e Daniel Alves.

Com passagens por River Plate, Corinthians e West Ham, Mascherano viveu a fase mais vitoriosa de sua carreira justamente pelo Barcelona. Nestes sete anos e meio de trajetória, foram nada menos do que 18 títulos de expressão, sendo dois Mundiais de Clubes, duas Ligas dos Campeões, quatro Campeonatos Espanhóis, entre outros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.