Barcelona anuncia doação para vítimas no Haiti

Depois que seu atacante Thierry Henry anunciou uma doação às vítimas do Haiti, o Barcelona informou nesta sexta-feira que doará 250 mil euros (cerca de R$ 630 mil) através de sua fundação. O clube ainda divulgou que ajudará na reconstrução de uma escola no país atingido por um forte terremoto na semana passada.

AE, Agencia Estado

22 de janeiro de 2010 | 16h46

"Nós não queremos apenas dar uma ajuda aleatória, mas queremos fazer alguma coisa que ajudará a médio prazo", declarou o diretor do clube, Joan Oliver, após explicar que o Barcelona precisou de alguns dias para planejar suas ações no país latino-americano.

De acordo com Marta Segú, diretora-geral da Fundação ligada ao clube, o Barcelona quer garantir que a contribuição financeira chegue ao destinatário, sem se perder pelo caminho. "Estamos em contato com as agências internacionais de ajuda e associações que estão trabalhando lá", declarou.

A doação será dirigida à entidade Médicos Sem Fronteiras. "Queremos ajudar a médio prazo, mas sabemos que primeiramente é preciso dinheiro", ponderou Segú. O passo seguinte do clube será ajudar na reconstrução de uma escola no Haiti. Nas próximas semanas, uma comitiva do Barcelona deverá visitar o país.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBarcelonadoaçãoHaiti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.