Emilio Morenatti/AP
Emilio Morenatti/AP

Barcelona apoia Messi em processo por sonegação fiscal

Clube promete amparo nos aspectos legal, fiscal e administrativo

REUTERS

09 de outubro de 2015 | 12h48

O Barcelona ofereceu seu total apoio a Lionel Messi no julgamento por sonegação fiscal que o argentino está enfrentando, e prometeu lutar contra “decisões externas” que diz estarem visando o clube de forma injusta.

Na quinta-feira, um tribunal espanhol ordenou que Messi e seu pai, Jorge, acusados de fraudar a Receita Federal da Espanha em 4,2 milhões de euros relativos a impostos não recolhidos entre 2007 e 2009, deve ir a julgamento. O procurador-geral disse que o astro do Barça deveria receber uma pena de prisão de até 22 meses se for condenado.

Em um comunicado emitido no final da quinta-feira, o Barcelona ressaltou que a posição do procurador-geral é o “exato oposto” daquela do promotor público, que declarou que Messi não deveria ter que enfrentar as acusações, já que seu pai supervisionava suas finanças.

“O FC Barcelona expressou sua afeição e solidariedade a Leo Messi e sua família em uma situação tão peculiar”, afirma a declaração. “O clube irá continuar a oferecer a ele e à sua família total apoio e assistência nos aspectos legal, fiscal e administrativo destes procedimentos”.

Messi é um de vários jogadores do Barça, incluindo o compatriota Javier Mascherano e o brasileiro Neymar, que se tornou alvo das autoridades espanholas nos últimos meses. Todos eles negam qualquer irregularidade.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTBARCAAPOIAMESSI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.