Gustau Nacarino/Reuters - 28/11/2010
Gustau Nacarino/Reuters - 28/11/2010

Barcelona aposta em novo espetáculo contra o Arsenal

Na última edição da Liga dos Campeões, a equipe catalã eliminou o time inglês nas quartas de final

AE, Agência Estado

17 de dezembro de 2010 | 12h36

Depois de saber que irá enfrentar o Arsenal pela segunda edição seguida da Liga dos Campeões, fato consumado após sorteio realizado nesta sexta-feira pela Uefa, o Barcelona destacou que espera por um novo mata-mata espetacular diante da equipe inglesa, tendo em vista o estilo de jogo ofensivo e bonito de se ver dos dois times.

Veja também:

linkRevanches nas oitavas da Liga

Na última edição da competição europeia, o Barcelona eliminou o Arsenal nas quartas de final, depois de um empate por 2 a 2 no duelo de ida, na Inglaterra, e uma goleada por 4 a 1 no confronto de volta, no qual Messi deu um verdadeiro show.

Ao comentar o que aguarda para os confrontos válidos pela oitavas de final da competição europeia, que serão realizados apenas em fevereiro e março diante do Arsenal, o técnico Josep Guardiola chamou o embate de um "clássico da Liga dos Campeões" e enfatizou: "Esperamos repetir os dois grandes jogos da temporada passada diante de uma equipe que, como o Barça, ataca e defende com a bola".

Em seguida, o treinador elogiou a condição técnica do Arsenal, apesar de reconhecer que pouco viu o time inglês jogar nesta temporada. "Não tem nenhum jogador que jogue mal. É uma equipe atrevida e com um estilo definido há muitos anos", disse.

O diretor esportivo do Barcelona, Andoni Zubizarreta, por sua vez, não poupou elogios ao Arsenal nesta sexta-feira. "É uma equipe que sempre sabe o que fazer com a bola. Vê o futebol de uma maneira similar à do Barça, e por isso creio que veremos uma grande eliminatória, com dois times respeitosos com o futebol. É uma eliminatória que gostaríamos de jogar na próxima semana", ressaltou o dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.