Barcelona assina convênio para ajudar refugiados

Este é mais uma atitude do clube catalão para difundir sua marca pelo mundo afora

Efe

21 de janeiro de 2008 | 15h57

O Barcelona, através de sua Fundação, assinará nesta terça-feira, em Genebra, um convênio de colaboração com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) que permitirá enviar as primeiras ajudas para Ruanda, Nepal e Equador, informou a entidade catalã.O presidente do clube, Joan Laporta, e António Guterres, Alto Comissariado da UNHCR/Acnur, selarão um acordo que pretende adaptar diversos programas da Fundação FC Barcelona ao contexto dos refugiados e deslocados de qualquer parte do mundo.O convênio terá uma duração inicial de três anos e estabelece ações durante os 12 primeiros meses em três países que sofrem uma situação especialmente delicada: Nepal, Ruanda e Equador.

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato EspanholBarcelonaONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.