Sergio Perez/Reuters
Sergio Perez/Reuters

Barcelona bate Girona, chega à 8ª vitória seguida e mantém vantagem na liderança

Time catalão sofre, mas faz 2 a 0 e volta a ficar cinco pontos acima da vice-liderança

Redação, Estadão Conteúdo

27 de janeiro de 2019 | 16h01

Com algum sofrimento e um gol em cada tempo, o Barcelona derrotou o Girona por 2 a 0, fora de casa, no estádio Montilivi, neste domingo, e manteve a vantagem confortável na liderança do Campeonato Espanhol, além de ter conseguido uma marca expressiva.

O triunfo, conquistado com gols de Semedo e Messi, foi o oitavo seguido da equipe catalã no torneio, feito que nenhum time europeu das principais ligas conseguiu na atual temporada, com exceção do Paris Saint-Germain, que emendou 14 vitórias consecutivas no Campeonato Francês, torneio de menor exigência técnica.

O triunfo deixou o Barcelona com certa folga na liderança. O time catalão tem 49 pontos, cinco a mais que o vice-líder Atlético de Madrid, e está a 13 do arquirrival Real Madrid, que joga ainda neste domingo contra o Espanyol. O Girona soma 24 pontos e ocupa a zona intermediário da classificação, mas ameaçado de rebaixamento.

O placar começou a ser construído com gol de Semedo. Pouco acostumado a balançar as redes, o lateral português abriu o marcador aos nove minutos de jogo e pôs fim a uma seca de gols que já durava mais de dois anos. Já o craque argentino Messi marcou o segundo e chegou à marca de 19 gols e se manteve isolado na artilharia da competição.

Entre os brasileiros, Philippe Coutinho teve atuação discreta e mais errou do que acertou, e Arthur entrou em campo aos 12 minutos do segundo tempo na vaga do chileno Arturo Vidal. O ex-jogador do Grêmio teve papel importante na construção das jogadas e no auxílio na marcação no momento em que o time catalão vencia a partida por 1 a 0, e sofria uma certa pressão do adversário, apesar de este estar com um jogador a menos, depois da expulsão de Espinosa.

Também neste domingo, o Valladolid derrotou o Celta em casa por 2 a 1. O resultado permite que o time de propriedade de Ronaldo se distancie um pouco da zona de rebaixamento e suba quatro posições, ficando com 25 pontos, cinco à frente do grupo da degola. O Celta soma 21 pontos e está na 17ª posição, a primeira depois da zona de rebaixamento.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.