Lluis Gene/ AFP
Lluis Gene/ AFP

Barcelona cede empate e La Coruña escapa do rebaixamento

Granada se salva, mas Eibar, Almería e Córdoba são rebaixados

Estadão Conteúdo

23 de maio de 2015 | 16h25

O Campeonato Espanhol reservou fortes emoções para a última rodada da competição neste sábado. A briga pelo título já estava definida, com o Barcelona campeão e o Real Madrid vice. Mas a luta para continuar na primeira divisão foi empolgante até o último minuto. No Camp Nou, o Barcelona saiu na frente com gols de Lionel Messi, em drible espetacular e recebendo assistência de Neymar, mas cedeu o empate para o La Coruña por 2 a 2 com um time praticamente inteiro reserva. Com o resultado, a equipe da Galícia escapou do rebaixamento. Outra equipe que conseguiu permanecer na divisão de elite foi o Granada, que empatou por 0 a 0 com o Atlético de Madrid em casa.

O duelo em Barcelona começou com os anfitriões arrasadores. A partida já começou a ser resolvida pelo time da casa aos cinco minutos de jogo quando, em jogada de Rafinha após rebote do goleiro, Messi apareceu e completou de cabeça para abrir o marcador. Com Messi e Neymar no comando, os reservas mantiveram a pressão para aumentar a vantagem. 

Na volta do intervalo, a pressão do Barcelona continuou e a equipe catalã ampliou aos 15 minutos do 2º tempo. Neymar recebeu passe em posição duvidosa e, na entrada da pequena área, rolou para Messi marcar seu 43º gol na temporada.

Após a vantagem, a partida serviu para completar a festa do título, que já tinha sido feita na rodada anterior após a vitória contra o Atlético de Madri. O técnico Luís Henrique decidiu fazer a homenagem ao meia e ídolo Xavi, que chorou ao ser substituído por Iniesta, com o Camp Nou aplaudindo seu mito de pé. Com a festa completa, parecia que nada mais mudaria a atmosfera dos anfitriões. O resultado era contrário ao La Coruña, que cairia assim para a segunda divisão. Mas os visitantes encontraram forças para empatar o duelo com gols de Lucas Pérez, com um chute de longe, e Salomão, aos 35 minutos da etapa final.

GRANADA SEGURA EMPATE E ESCAPA

Em Granada, o time da casa lutou muito para segurar o empate contra o forte Atlético de Madrid por 0 a 0. O resultado manteve a equipe na divisão de elite do futebol espanhol.

Os outros resultados deste sábado pela última rodada do Campeonato Espanhol definiram as vagas na Copa dos Campeões da Europa e na Liga Europa. Em Almería, o Valencia venceu o time da casa por 3 a 2, mesmo placar da vitória do Celta sobre o Espanyol, em Vigo. Em Bilbao, o Athletic bateu o Villarreal por 4 a 0. Em Málaga, o time da casa perdeu para o Sevilla, também por 3 a 2, e o Eibar venceu em casa o Córdoba por 3 a 0. Além destes resultados, o Real Sociedade bateu por 4 a 2 o Rayo Vallecano fora de casa.

A classificação final do Espanhol coloca Eibar, Almería e Córdoba na segunda divisão do ano que vem. Na parte de cima, o Barcelona ficou com o título, com Real Madrid, Atlético de Madri e Valencia completando a zona de classificação para a Liga dos Campeões. Apesar da vitória, o Sevilla não conseguiu a classificação para a Liga dos Campeões pelo Campeonato Espanhol. Ficou garantido na Liga Europa, assim como o Villarreal. Mas a equipe de Sevilha ainda pode sonhar com a competição, já que disputa a final da Liga Europa na próxima quarta, em Varsóvia, contra o Dnipro, da Ucrânia. Caso vença e conquiste o título, assegura uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.