Barcelona chama irmão de Ronaldinho para negociar situação

Conversa seria para a permanência no clube ou a saída do meia-atacante brasileiro, diz a imprensa européia

EFE

03 de abril de 2008 | 10h10

O Barcelona chamou Roberto de Assis - irmão e representante do meia-atacante brasileiro Ronaldinho Gaúcho - para uma reunião para tratar da situação do jogador, desgastado com a diretoria do clube e que é personagem de vários rumores de transferências. Veja também: Consultor diz que Milan tem pouco interesse em RonaldinhoA idéia do encontro é voltar a negociar a situação de Ronaldinho após ele ter se envolvido em várias polêmicas durante a semana, devido a uma lesão muscular que o tirou dos últimos jogos do Barça pelo Campeonato Espanhol, pela Copa do Rei e pela Liga dos Campeões. Como conseqüência dos constantes rumores que dão conta de uma suposta vida desregrada do jogador o clube considerou importante que as duas partes se reúnam para tratar do assunto com um único objetivo: tornar Ronaldinho novamente útil para a equipe. A reunião deverá tratar do futuro do meia-atacante, seja de sua continuidade ou de sua saída. Na última quarta a imprensa italiana publicou que a Inter de Milão estaria interessada em uma troca envolvendo Ronaldinho Gaúcho e o atacante Adriano, que pertence ao clube da Itália, mas que está emprestado ao São Paulo. Os rumores sobre a possível saída de Ronaldinho Gaúcho do Barcelona aumentaram depois que a imprensa italiana revelou um encontro entre Roberto de Assis e o vice-presidente e administrador delegado do Milan, Adriano Galliani. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.