Barcelona cobrará ingresso para treino em janeiro

O Barcelona anunciou nesta quinta-feira que vai cobrar dos torcedores que desejarem assistir a um treino da equipe, marcado para o dia 5 de janeiro, no Mini Estadi, ao lado do Camp Nou. A medida é uma tentativa do clube catalão de obter mais receita.

AE-AP, Agência Estado

29 de dezembro de 2011 | 15h33

Os sócios do clube podem entrar de forma gratuita e levar três convidados. Mas os demais torcedores deverão adquirir um ingresso que custa 5 euros para poder ver Lionel Messi, Xavi Hernández e Andrés Iniesta.

Sob a presidência de Sandro Rosell, o Barcelona tenta reduzir gastos e usa métodos sem precedentes para aumentar as receitas e diminuir suas dívidas, que são superiores a 369 milhões de euros. Na última temporada, a equipe teve perdas de 9 milhões de euros, apesar de ter faturado os títulos da Liga dos Campeões da Europa e do Campeonato Espanhol.

De acordo com o Barcelona, esta não é a primeira vez que se cobra pelo acesso aos treinamentos. O clube esclareceu que a cobrança foi feita durante a administração do ex-presidente Joan Laporta e que o valor é necessário para cobrir os custos da segurança.

Recentemente, o Barcelona assinou um contato de 171 milhões de euros com a Qatar Foundation, que se tornou o primeiro patrocinador a estampar seu nome na camiseta do clube em 112 anos de história. Além disso, o clube acabou com sua equipe de beisebol e reduziu o orçamento de 12 esportes.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBarcelonatreinoingresso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.