Lee Smith/Reuters
Lee Smith/Reuters

Barcelona confirma empréstimo de Rafinha Alcântara para Inter de Milão

Brasileiro vai ficar na equipe italiana até junho deste ano

Estadão Conteúdo

22 Janeiro 2018 | 17h34

O Barcelona confirmou nesta segunda-feira o empréstimo do meia Rafinha Alcântara para a Internazionale até junho deste ano, quando termina a atual temporada europeia. O contrato prevê a opção de compra ao clube italiano, que, se conseguir se classificar para a Liga dos Campeões da Europa, será obrigado a desembolsar cerca de 35 milhões de euros (R$ 135 milhões) para ter o jogador em definitivo.

+ Messi e Suárez brilham, Barça goleia Betis e amplia vantagem no Espanhol

Os valores podem chegar até a 40 milhões de euros (R$ 155 milhões) com algumas variáveis previstas no contrato e o clube de Milão arcará integralmente com os salários do meia campeão olímpico pela seleção brasileira em 2016.

"Estou muito feliz. É um momento importante na minha vida e eu quero aproveitar essa fase da minha carreira na Inter, onde muitos jogadores fizeram história. Vou me dedicar e fazer de tudo para conquistar títulos com essa camisa", disse o brasileiro, que escolheu a camisa 8, ao site oficial do clube italiano.

Sem espaço no Barcelona, ainda mais após a chegada de Philippe Coutinho - jogou apenas uma partida na temporada atual - o brasileiro acertou a sua ida ao time italiano com o objetivo de jogar mais e, assim, poder brigar para estar na lista de convocados do técnico Tite para a Copa do Mundo da Rússia.

Este será o terceiro time da carreira de Rafinha Alcântara. Além do Barcelona, clube que o formou e pelo qual estreou como profissional no final de 2011 sob o comando do técnico espanhol Pep Guardiola, o meia, filho mais novo de Mazinho e irmão do também meia Thiago Alcântara, hoje no Bayern de Munique, também jogou no Celta entre 2013 e 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.