Barcelona consegue empate no sufoco contra o Valencia

Em dia do goleiro Hidelbrand, Xavi marca aos 49 do 2.º tempo e salva o Barça na semi da Copa do Rei

Agência Estado

27 de fevereiro de 2008 | 20h35

O Barcelona bombardeou o Valencia durante 90 minutos nesta quarta-feira, no Camp Nou, transformou o goleiro alemão Timo Hildebrand em herói, sofreu um gol na única chance clara que o adversário teve e só não saiu de campo derrotado na primeira partida das semifinais da Copa do Rei graças a Xavi, que marcou o gol de empate aos 49 minutos do segundo tempo e definiu o placar de 1 a 1. O jogo de volta será no dia 20 de março. O técnico holandês Frank Rijkaard preferiu dar descanso a Ronaldinho Gaúcho, que ainda recupera sua melhor forma física, e não o levou nem para o banco. Deve ter se arrependido, porque num jogo como o desta quarta um perito em cobranças de falta poderia ter sido decisivo. Em má fase no Campeonato Espanhol, o Valencia foi ao Camp Nou com a clara intenção de não sofrer gol. Seu plano estava saindo melhor do que a encomenda graças ao gol de Villa, aos 24 minutos do segundo tempo. Lá atrás, Hildebrand, reserva da seleção alemã, vivia uma noite portentosa. Messi, Henry e Eto'o tentavam, mas o goleiro pegava até pensamento. O gol saiu por pura insistência: Eto'o tentou pela enésima vez e Hildebrand defendeu, mas não pôde fazer nada no rebote de Xavi. Em seu 18º chute a gol - o Valencia deu apenas um -, o Barcelona finalmente marcou. A primeira partida da segunda semifinal será disputada nesta quinta-feira, entre Getafe e Racing, às 17 horas (de Brasília).

Tudo o que sabemos sobre:
Copa do Rei

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.