Barcelona derrota o Real e dispara na liderança do espanhol

Com vitória por 2 a 0, time catalão abre 12 pontos de vatagem sobre o rival na classificação do campeonato

EFE

13 de dezembro de 2008 | 20h58

Em uma partida muito disputada, o Barcelona superou o Real Madrid por 2 a 0 neste sábado no Camp Nou, em mais uma edição do maior clássico do futebol espanhol, e disparou na liderança do campeonato nacional após a 15ª rodada. Veja também: Resultados e classificação do EspanholDê seu palpite no Bolão Vip do LimãoO resultado deixa o Barça com 38 pontos, enquanto o Real segue com 26 e pode perder ainda mais posições caso Sevilla e Atlético de Madri vençam seus compromissos deste domingo contra Villarreal e Betis, respectivamente. Também neste sábado, o Valencia virou para cima do Espanyol por 2 a 1, no estádio Mestalla, e assumiu a vice-liderança provisória, com 30 pontos. O JOGOAs duas equipes entraram em campo vivendo momentos bem diferentes: enquanto o Barça chegava na primeira posição do Espanhol, o Real aparecia apenas em quinto. O time da capital também estreava o técnico Juande Ramos, substituto do alemão Bernd Schuster, em partidas do campeonato nacional. O lateral-direito Daniel Alves, titular do Barcelona, foi o único brasileiro em campo. Apesar de jogar fora de casa, o Real teve a melhor chance do primeiro tempo. Aos 25, o holandês Drenthe bateu rasteiro e o goleiro Valdés se esticou todo para defender. No segundo tempo, só deu Barcelona. Logo aos dois minutos, Casillas fez grande defesa em conclusão do camaronês Samuel Eto'o após jogada genial do argentino Lionel Messi. O goleiro do Real salvou a equipe outras duas vezes: pegou um pênalti de Eto'o aos 24 minutos e se lançou aos pés de Messi, que vinha sozinho, aos 27. Entretanto, os catalães marcaram aos 37. Após cobrança de escanteio pela direita, Puyol cabeceou ao meio da área e Eto'o, livre de marcação, só teve o trabalho de empurrar ao fundo das redes. Nos acréscimos, o Barcelona fez o segundo com Messi. Ele recebeu sozinho em jogada de contra-ataque pela esquerda e avançou cruzado na área, tocando por cima do goleiro Casillas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.