Barcelona diz que não vende Rivaldo

O Barcelona deu uma esfriada nos interessados em Rivaldo. O presidente do clube catalão, Joan Gaspart, garantiu nesta terça-feira que não tem a "mínima" intenção de negociar o principal jogador da equipe. "Não queremos que ele vá embora, e até onde sabemos ele quer ficar", disse o dirigente, após a festa oferecida ao time masculino de basquete, que conquistou a Copa do Rei.Gaspart dessa forma procurou refrear o entusiasmo do Milan e do Newcastle. Italianos e ingleses manifestaram intenção de apresentar oferta por Rivaldo, assim que terminar a temporada de 2000-2001. A cláusula de rescisão gira em torno de US$ 70 milhões de dólares. O Newcastle afirmou, na segunda-feira, que investiria até US$ 100 milhões no brasileiro. Já o presidente do Milan, o milionário e político Silvio Berlusconi, afirmou que o meia é um jogador que está nos planos do clube. "Ninguém sai daqui se não quiser", avisou Gaspart, ainda assustado pela forma como Figo abandonou o clube, no ano passado, para transferir-se para o rival Real Madrid. Apesar da negativa do presidente do Barcelona, algum tempo atrás Rivaldo insinuou que estava chegando o momento de sair do time que, três anos atrás, o tirou do Deportivo La Coruña.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.