Barcelona é multado por bandeiras pela independência catalã

Clube escapou de ter setor do Camp Nou interditado

Estadão Conteúdo

23 de julho de 2015 | 16h09

O Barcelona terá de pagar 30 mil euros (R$ 108 mil) para a Uefa pelo fato de que seus torcedores exibiram bandeiras pedindo a independência da Catalunha na final da Liga dos Campeões diante da Juventus, realizada no mês passado, em Berlim, na Alemanha.

A entidade que controla o futebol europeu anunciou a decisão em seu site nesta quinta-feira seguindo o seu código disciplinar, que proíbe uso de "gestos, palavras, objetos e qualquer coisas que tentem transmitir qualquer mensagem que não combine com o evento esportivo, particularmente, mensagens políticas, ideológicas, religiosas, ofensivas e de natureza provocativa".

Além da multa, o clube catalão corria o risco de ter parte das arquibancadas do Estádio Camp Nou interditada por um jogo, pelo menos. Em sua defesa, o Barcelona informou que a denúncia foi feita pelas imagens da TV e não por dirigentes da Uefa presentes na partida. Na decisão, o Barça venceu a Juventus por 3 a 1 e conquistou o seu quinto título da Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.