Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Barcelona e Real fazem semi da Copa do Rei e vão ter maratona de clássicos

Sorteio coloca rivais em disputa por vaga na decisão e faz clubes se enfrentarem três vezes em um mês

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de fevereiro de 2019 | 15h24

Os torcedores de Barcelona e Real Madrid viverão fortes emoções nos próximos 30 dias. Um sorteio realizado nesta sexta-feira, em Madri, definiu as semifinais da Copa do Rei e colocou os dois rivais frente a frente na luta por uma vaga na grande decisão. Assim, o "SuperClássico" da Espanha terá três novos capítulos em menos de um mês, já que o duelo pelo Campeonato Espanhol será apenas quatro dias depois do duelo da volta pela competição mata-mata.

O primeiro duelo entre os dois será já na próxima quarta-feira, no estádio Nou Camp, em Barcelona, onde o clube catalão conseguiu um resultado histórico na última vez em que se encontraram. Em outubro do ano passado, pelo primeiro turno do Campeonato Espanhol, o Barcelona aplicou uma goleada por 5 a 1 que causou a demissão do técnico Julen Lopetegui, substituído pelo auxiliar Santiago Solari.

A volta está marcada para o próximo dia 27, também uma quarta-feira, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. Apenas quatro dias depois, no domingo, no mesmo local, Real Madrid e Barcelona se enfrentarão novamente, desta vez pela 26.ª rodada do Campeonato Espanhol. Nesta competição, o clube catalão atualmente é o líder com 49 pontos, cinco a mais que o segundo colocado Atlético de Madrid. O time merengue é o terceiro com 39.

Mas os torcedores dos dois maiores clubes da Espanha terão que se preocupar também em fevereiro com uma outra competição: a Liga dos Campeões da Europa. Entre os jogos pelas semifinais da Copa do Rei, Barcelona e Real Madrid disputarão a rodada de ida das oitavas de final. O time de Madri visitará o Ajax, na Holanda, no dia 13, e o da Catalunha enfrentará o Lyon, na França, no dia 19.

A grande decisão da Copa do Rei está marcada para o dia 25 de maio e já está com local definido. Será no estádio Benito Villamarín, em Sevilha, que é a casa do Betis. O clube de Sevilha tem a chance de jogar a final em sua casa, pois fará a outra semifinal contra o Valencia e será mandante no duelo de ida, na próxima quinta. A volta acontecerá no dia 27, no estádio Mestalla, em Valência.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.