Ricardo Nogueira/Efe
Ricardo Nogueira/Efe

Barcelona-EQU fica preso na Bolívia e chegará na madrugada para jogo com Grêmio

Equipes se enfrentam nesta quarta-feira pelo segundo jogo da semifinal da Libertadores

Estadão Conteúdo

31 Outubro 2017 | 19h10

Não bastasse o péssimo cenário após a partida de ida, o Barcelona-EQU enfrenta outro importante percalço nestas semifinais de Libertadores. O voo que trazia a delegação equatoriana para encarar o Grêmio nesta quarta-feira, em Porto Alegre, ficou preso na Bolívia, o que fará com que os jogadores e a comissão técnica desembarquem no Brasil com muito atraso.

+ Edílson e Geromel treinam, mas Grêmio perde Arroyo para semifinal

O Barcelona deixou o Equador no último domingo em voo fretado, que deveria realizar uma breve escala de cerca de 45 minutos na Bolívia para reabastecimento. Mas problemas com a documentação do avião impediram que o cronograma fosse cumprido e mantiveram a delegação em Santa Cruz de la Sierra até esta terça.

"Fiquei nervoso porque não era o que estava planejado. O que temos que fazer agora é rezar. As coisas foram muito mal feitas, então temos que ver como vamos reagir a isso", declarou o preparador físico da equipe, Rubens Valenzuela, momentos antes do avião finalmente deixar a Bolívia.

Diante dos quase dois dias que passaram presos em Santa Cruz de la Sierra, os jogadores do Barcelona treinaram nesta terça-feira no estádio do Blooming, com portões fechados. Depois, finalmente embarcariam para o Brasil e deverão chegar a Porto Alegre somente na madrugada de terça para quarta, por volta das 3 horas.

Desta forma, a preparação do Barcelona para o duelo decisivo ficou completamente atrapalhada. Isso deve dificultar ainda mais a já complicada situação da equipe que perdeu por 3 a 0 na ida da semifinal, semana passada, em Guayaquil. Por isso, o Grêmio pode até perder por dois gols nesta quarta que estará classificado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.