Gonzalo Fuentes / Reuters
Gonzalo Fuentes / Reuters

Barcelona exerce opção de recompra e se reforça com Deulofeu

Espanhol passou por Everton e Milan antes de retornar ao clube catalão

Estadão Conteúdo

30 de junho de 2017 | 13h38

A diretoria do Barcelona anunciou nesta sexta-feira a contratação de um "velho conhecido". O clube espanhol confirmou que exerceu a cláusula de recompra do meia Gerard Deulofeu, formado nas suas divisões de base e que pertencia ao Everton, da Inglaterra.

Deulofeu, de 23 anos, foi negociado pelo Barcelona com a equipe de Liverpool em junho de 2015. Mas o time catalão incluiu uma cláusula no contrato de venda que lhe dava a possibilidade de readquirir o jogador por um valor previamente estipulado nos dois primeiros anos após a venda.

Nesta sexta-feira, então, o Barcelona anunciou a decisão de exercer essa cláusula, sem revelar, porém, qual valor vai desembolsar. O time ainda explicou que a transferência será finalizada nos próximos dias, com Deulofeu assinando um contrato válido até junho de 2019.

Formado nas divisões de base do Barcelona, na famosa academia de La Masia, Deulofeu não conseguir se firmar na equipe principal. Por isso, acabou sendo emprestado para o Everton, na temporada 2013/2014, e para o Sevilla, na temporada 2014/2015, antes de ser vendido ao time inglês, pelo qual marcou cinco gols em 62 partidas da liga nacional.

Na última temporada, em sua segunda metade, Deulofeu foi emprestado ao Milan e teve bom desempenho, com quatro gols marcados em 17 partidas do Campeonato Italiano, o que até o levou a ser lembrado para a seleção espanhola. Agora está de volta ao time onde iniciou a sua carreira, recebendo uma "segunda chance" do Barcelona.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolBarcelona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.