Barcelona faz 5 no Real Madrid e assume liderança

O Barcelona detonou a invencibilidade de José Mourinho. Superior durante todo o clássico desta segunda-feira, o time catalão não deixou o Real Madrid jogar no Camp Nou. Massacrou por 5 a 0, teve gol anulado e ainda desperdiçou chances, naquela que foi a primeira derrota do treinador português sob o comando da equipe madrilenha.

AE, Agência Estado

29 de novembro de 2010 | 20h13

Não bastasse o atropelamento desta segunda-feira, o Barcelona ainda tirou a liderança do Campeonato Espanhol do Real Madrid ao chegar aos 34 pontos, dois a mais do que o seu principal adversário na temporada.

Desde o início da partida, apenas o Barcelona jogou. Xavi, David Villa e Messi tiveram atuações impecáveis, com assistências, gols e, sobretudo, muita movimentação, o que paralisou o então invicto Real Madrid.

Ao time de Mourinho, restaram alguns lances esparsos ainda no primeiro tempo, de Cristiano Ronaldo e Di Maria. Já atrás do marcador, o time também apelou para a violência. O atacante português, por exemplo, chegou a empurrar o técnico Josep Guardiola antes da cobrança de um lateral. Sergio Ramos também foi expulso no fim, após acertar um chute em Messi.

Superior desde o primeiro minuto, o Barcelona quase abriu o placar aos cinco, após Messi dar toque sutil e acertar a trave. E apenas quatro minutos depois, Xavi aproveitou grande passe de Iniesta e fez o primeiro. O Real Madrid ainda ensaiou uma reação na sequência, mas Pedro praticamente definiu o jogo ao ampliar aos 18, aproveitando grande jogada de Villa.

A partir daí, o time catalão passou a movimentar a bola com rapidez e paciência, desconcertando o Real Madrid. Aos nove e aos 12 minutos do segundo tempo, em jogadas similares, Messi deixou Villa livre para marcar. E já nos acréscimos, Jeffren aproveitou cruzamento de Bojan e completou o massacre, para a imensa festa da torcida presente no Camp Nou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.