Barcelona faz proposta oficial por Keirrison

O Palmeiras está perto de negociar Keirrison com o Barcelona. A transação pode ser fechada neste fim de semana e, por precaução, o atacante não enfrentará o Santos no domingo, no Palestra Itália, pelo Campeonato Brasileiro. O time paulista e a Traffic - dona de parte dos direitos econômicos do jogador - já receberam uma proposta oficial do clube espanhol. Cogita-se que a oferta do Barcelona pelo atacante pode chegar a 15 milhões de euros (cerca de R$ 41 milhões).

DANIEL AKSTEIN BATISTA E ALEX SABINO, Agencia Estado

26 de junho de 2009 | 16h28

Marcos Malaquias, agente do atacante, acredita que este é o momento certo para negociar Keirrison. "Nós pedimos para retirá-lo do jogo para preservá-lo", disse o empresário, que está na Espanha.

O único empecilho para que a negociação seja fechada é a postura da Traffic, que ainda estaria reticente para vender o atacante. "Eles gostariam que ele ficasse no time até o fim do ano", reforça Malaquias. O irmão, Naor, reforça que não há pressa. "É um negócio para os próximos dias", diz.

Segundo o programa Primer Toc da rádio RAC1, sediada na mesma cidade do clube espanhol, Marcos Malaquias se reuniu nesta sexta-feira em um restaurante de Barcelona com o diretor de Futebol do Barcelona, Aitor Begiristain, para negociar o contrato de Keirrison. Caso o atacante vá para o Barcelona, ele pode ser incluído na operação para contratar o atacante espanhol David Villa, do Valencia.

No ano passado, o Barcelona fez algo parecido com o zagueiro Henrique que, assim como Keirrison, chegou ao Palmeiras procedente do Coritiba pelas mãos da empresa de marketing esportivo Traffic e teve seus direitos econômicos vendidos para o Barcelona. Depois, foi emprestado ao Bayer Leverkusen.

Keirrison tem 20 anos e foi o artilheiro do último Campeonato Brasileiro com 21 gols, ao lado de Kléber Pereira e Washington. No começo desta temporada, o Palmeiras desembolsou US$ 800 mil (R$ 1,5 milhão) para ficar com 20% de seus direitos econômicos. O restante pertence à Traffic.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.