Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Barcelona: Luís Fabiano já não é prioridade

Sandro Rosell, vice-presidente do Barcelona, cancelou a reunião com Marcelo Portugal Gouvêa, presidente do São Paulo, para tratar da contratação de Luís Fabiano, porque o atacante não é a prioridade do Barcelona. Os espanhóis estão muito mais interessados em Júlio Baptista e procuraram o Sevilla, que fixou o preço do passe do jogador em 16 milhões de euros (R$ 57,42 milhões). Isso significa uma valorização de 555% em dez meses, pois o Sevilla pagou US$ 2,8 milhões (R$ 8,31 milhões) por ele, ao São Paulo, em agosto. Há muitas condicionantes para o Barcelona resolver qual jogador deve contratar. São elas: 1) Em 2005, cada time poderá ter três jogadores extracomunitários. O Barcelona tem quatro, mas vai demitir o goleiro Recber Rustu. Pretende também nacionalizar o argentino Javier Saviola. Assim, poderia contratar apenas um jogador extracomunitário. 2) Se Davids não ficar ? o que deve ser resolvido nesta sexta ? o time precisará contratar um jogador para a posição do holandês. O preferido é o alemão Ballack. 3) Se Ballack for contratado, haverá pouco dinheiro para gastar com Luís Fabiano ou Júlio Baptista. 4) O favorito para o ataque é o francês Trezeguet, da Juventus, que tem feito muita força para ser contratado pelo Barcelona. Isso diminui as chances de Luís Fabiano. 5) Júlio Baptista tem a seu favor a bela temporada que fez este ano, marcando 20 gols na Liga Espanhola. Contra si, o alto preço pedido pelo Sevilla. Assim, para sair, Luís Fabiano depende que Davids fique, que Trezeguet não venha e que o Sevilla não baixe o preço de Júlio Baptista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.