Barcelona pede para Ronaldinho não jogar contra a Rússia

A direção do Barcelona enviou, neste domingo, um pedido à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para que o meia Ronaldinho Gaúcho seja poupado do amistoso da seleção brasileira contra a Rússia, nesta quarta-feira, em Moscou. Os dirigentes do clube espanhol estão preocupados com as condições físicas do jogador, que terminou o jogo contra o Zaragoza, no sábado, com dores no tornozelo. A equipe médica do Barcelona informou que o tratamento indicado para o craque brasileiro é repouso e fisioterapia. O maior medo é Ronaldinho ficar de fora do jogo contra o Chelsea, no dia 7, pela rodada de volta das oitavas-de-final da Liga dos Campeões da Europa. Até o início da tarde deste domingo, no horário de Brasília, a CBF não tinha se pronunciado sobre o pedido do Barcelona. O amistoso contra a Rússia é o último antes da convocação final do treinador Carlos Alberto Parreira para a disputa da Copa do Mundo, na Alemanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.