Barcelona perde e diminui vantagem

O Barcelona pisou feio na bola em sua primeira apresentação de 2005. A equipe de Ronaldinho Gaúcho, Deco, Eto?o não jogou nada, na visita que fez ao Villarreal, neste domingo à noite, e mereceu a derrota por 3 a 0, com direito a olé, no encerramento da 18.ª rodada do Campeonato Espanhol. Mesmo assim, manteve a liderança, com 42 pontos, sete de vantagem sobre o Real Madrid.O Barça de toques curtos, envolventes e com defesa menos vazada - tinha levado dez gols - desapareceu diante do Villarreal. As estrelas não brilharam, não incomodaram o rival e se viram envolvidas com facilidade. "Não fizemos nada", constatou o técnico Frank Rijkaard, atônito com a forma dócil com que o time se entregou na casa do adversário.A surra começou a se tornar irreversível aos 30 minutos do primeiro tempo, com o gol de Diego Forlan. O uruguaio acertou chute forte, da entrada da área, sem chance para o goleiro Valdes. O Villarreal, agora em 8.º lugar com 25 pontos, animou-se com a vantagem, ignorou a força do rival e foi à frente.O prêmio veio aos 3 minutos do segundo tempo, com Rodriguez aumentando a diferença para 2 a 0. Àquela altura, o Barcelona desmoronou e jogou como se fosse time pequeno intimidado. O Villarreal continuou a mandar na partida e Forlan fechou a conta aos 42 minutos. Daí para a frente, grande parte dos 23 mil torcedores que foram ao estádio passou a gritar olé a cada toque do time da casa. O Barcelona amargou a segunda derrota na temporada de 2004-05 e na próxima rodada recebe a Real Sociedad, com 22 pontos e em queda livre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.