Barcelona poderia liberar Rivaldo

A imprensa espanhola não cansa de especular sobre o futuro de Rivaldo. O boato do momento veio à tona nesta sexta, em sites de jornais esportivos espanhóis: o Barcelona abriria mão do último ano de contrato do brasileiro e lhe daria agora uma carta de liberdade para que ele pudesse se transferir para onde quisesse. A tese dos jornais espanhóis é de que o técnico holandês Louis van Gaal não pretende aproveitar o brasileiro e o presidente Joan Gaspart teria desistido de encontrar um comprador para o craque. Assim, para resolver a questão do excesso de jogadores extra-comunitários (nascidos fora da União Européia) no elenco ? são cinco e apenas quatro podem ser inscritos no Campeonato Espanhol ?, o Barcelona deixaria Rivaldo ir embora. Os quatro extra-comunitários que ficariam seriam Geovanni, Fábio Rochemback e os argentinos Riquelme e Saviola.Rivaldo não fala - O Real Madrid teria interesse em contar com Rivaldo caso ele ganhasse a liberdade agora, mas haveria um problema: para evitar que o brasileiro fosse parar no maior rival, como ocorreu há duas temporadas com o português Luís Figo, o Barça só entregaria a carta de liberdade a Rivaldo se ele se comprometesse a não acertar com nenhum clube espanhol.Rivaldo tem contrato com o Barcelona até junho de 2003 e já declarou várias vezes que pretende cumpri-lo. Ele está em férias no Brasil e já avisou que não falará sobre seu futuro. Sua reapresentação ao está prevista para segunda-feira.O brasileiro está no Barcelona desde 1997 e já entrou para a história do clube por ser seu maior artilheiro em competições européias, com 29 gols. Foi com a camisa do Barça que ele foi eleito o melhor jogador do mundo na eleição promovida pela Fifa em 1999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.