Barcelona pretende abrir escolinha no Rio neste ano

A realização do acampamento de férias do Barcelona no CT da CBV, em Saquarema (RJ), entre os dias 22 e 28 de julho, é o passo que antecederá outro mais importante e almejado pelas crianças brasileiras que admiram o clube espanhol. O projeto do Barça, em parceria com a empresa de marketing esportivo brasileira Klefer, é abrir até o final deste ano uma escolinha de futebol no Rio.

LEANDRO SILVEIRA, Agência Estado

01 de julho de 2012 | 06h47

A unidade ficará localizada no bairro da Barra da Tijuca e será para crianças de 6 a 13 anos. E os testes deverão ser realizados no mês de setembro. Será, assim, a segunda escolinha do Barcelona na América do Sul, já que o clube espanhol também possui uma na cidade de Lima, no Peru.

"Ter uma escolinha no Brasil é fortalecer a marca em um grande mercado, não só financeiro, mas principalmente no futebol. Ainda mais hoje, que todo mundo pode acompanhar todos jogos", disse Kléber Leite Filho, sócio-diretor da Klefer.

A promessa é de que a escolinha, mesmo fora da Espanha, adote a mesma filosofia de jogo do Barcelona, como acontece da equipe profissional até as categorias de base. "As escolinhas franqueiam a bandeira, mas, na aula, as exigências táticas são as mesmas do Barcelona na Espanha", afirmou Kléber Leite.

Na Espanha, a Escola do Barça conta com 350 crianças, em idades entre 6 e 12 anos, quando participam apenas de competições internas. A partir dos 13 anos, os garotos passam a fazer parte das categorias de base do clube e também do Barcelona B.

Na primeira edição do acampamento do Barcelona no Rio, as crianças dormiam nas suas residências, o que não acontecerá agora em julho, quando ficarão alojadas no CT da CBV. O terceiro passo do processo é a criação da escolinha no Brasil.

Como os acampamentos também devem começar a ser realizados em São Paulo e Belo Horizonte em dezembro, nada impede que as duas cidades tenham, no futuro, escolinhas do Barcelona. Tudo dependerá, claro, do interesse do clube catalão.

O Milan, clube pioneiro nos acampamentos de férias em cidades brasileiras, também deseja abrir uma escolinha no País, provavelmente até o primeiro semestre de 2013. De longe, porém, o Boca Juniors é o time estrangeiro que mais aposta em escolinhas no Brasil. São 13, sendo que a última, em Ipatinga, no interior mineiro, foi inaugurada no começo de junho. Alguns garotos, inclusive, já foram até treinar na Argentina.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBarcelonaMilan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.