Josep Lago / AFP
Josep Lago / AFP

Barcelona recusa R$ 560 milhões do Manchester United por Ansu Fati, diz jornal

Jovem atacante de Guiné-Bissau é uma das promessas do clube espanhol

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2020 | 09h15

O Barcelona recusou uma proposta de 100 milhões de euros (R$ 560 milhões) pelo meia-atacante Ansu Fati, de 17 anos, uma das principais revelações das categorias de base do clube catalão, que teria exigido 170 milhões de euros (R$ 952 milhões). A informação é do jornal espanhol Sport desta terça-feira.

Quem está participando da negociação é o empresário português Jorge Mendes, que cuida da carreira de vários jogadores, entre eles o também português Cristiano Ronaldo, da Juventus.

Nascido em Guiné-Bissau, Anssumane Fati mudou-se para a Espanha com sua família aos seis anos de idade, quando seu irmão mais velho, Braima, assinou contrato com o Sevilla. Os irmãos de Fati, Braima e Miguel, também são jogadores e ambos também estão ligados ao Barcelona. Seu pai Bori também jogou profissionalmente em seu país de origem.

Fati disputa a sua primeira temporada como profissional no Barcelona e aparece como uma das maiores promessas do clube dos últimos anos. O jogador, de 1,72 metro de altura, disputou 24 jogos e marcou cinco gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.