Lluis Gene / AFP
Lluis Gene / AFP

Barcelona renova com Piqué até 2022 e põe cláusula de rescisão de quase R$ 2 bi

Zagueiro tem 31 anos e já conquistou 25 título com a camisa do time catalão

Estadão Conteúdo

18 Janeiro 2018 | 12h50

O Barcelona anunciou nesta quinta-feira a ampliação do contrato de um dos jogadores mais identificados com o clube do seu elenco. O time catalão confirmou que chegou a um acordo para renovar o vínculo do zagueiro Gerard Piqué até 30 de junho de 2022, sendo que a cláusula de rescisão será de 500 milhões de euros (aproximadamente R$ 1,97 bilhão).

+ Messi perde pênalti e Barça larga atrás do Espanyol nas quartas da Copa do Rei

+ Irmão de Ronaldinho Gaúcho confirma que craque se aposentou de jogos oficiais

O novo contrato com Piqué será formalmente assinado nos próximos dias, explicou o Barcelona, sendo que o atual vínculo com o zagueiro se encerraria ao término da atual temporada. Agora, porém, o zagueiro permanecerá no clube até a Copa do Mundo de 2022.

Piqué, que vai completar 31 anos em fevereiro, chegou ao Barcelona em 1997, quando tinha dez. Ele se transferiu para o Manchester United em 2004, mas retornou em 2008, quando o time era comandado por Pep Guardiola.

O zagueiro já disputou 420 jogos com a camisa do Barcelona, tendo marcado 37 gols. Nesse período, Piqué conquistou 25 títulos pelo clube, com destaque para três edições da Liga dos Campeões da Europa, seis vezes o Campeonato Espanhol e em três oportunidades o Mundial de Clubes.

O valor da cláusula de rescisão do novo contrato de Piqué chama a atenção, mas não é o maior do elenco do Barcelona, pois o de Lionel Messsi é de 700 milhões de euros (R$ 2,75 bilhões). Estipular altas cláusulas para a saída de jogadores nos novos contratos se tornou uma estratégia do clube após perder Neymar por 222 milhões de euros (R$ 873 milhões, na cotação atual) para o Paris Saint-Germain antes do começo da temporada 2017/2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.