Barcelona revela prejuízo de 77,1 milhões de euros

A auditoria realizada nas contas do Barcelona revelaram que o campeão espanhol teve perdas de 77,1 milhões de euros na temporada 2009/2010, de acordo com Javier Faus, vice-presidente econômico do clube. O resultado do trabalho feito pela consultoria Deloitte é um contraponto aos 11,1 milhões de lucro revelados pela diretoria anterior do clube catalão.

AE, Agência Estado

27 de julho de 2010 | 11h26

Faus explicou que a apresentação de números diferentes aconteceram por conta da descoberta de nove títulos sem fundos, o que representa os 88 milhões de euros de diferença. Assim, a dívida líquida do Barcelona é de 442 milhões de euros. E a dívida bruta do gigante espanhol é de 552 milhões de euros, já que a soma referente a títulos de terceiro ultrapassa os 100 milhões de euros.

"A dívida é a mais alta da história [do Barcelona], maior do que em 2003 [quando Joan Laporta assumiu a presidência do Barcelona], mas as entradas são maiores do que antes. Em todo caso, fico com o retrato de hoje, não com o anterior", afirmou Faus, que evitou falar em manipulação deliberada das contas do Barcelona pela antiga diretoria, que foi substituída após a eleição de Sandro Rosell para a presidência.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBarcelonadéficit

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.