Barcelona vem buscar dois brasileiros

O Barcelona invadiu o espaço da seleção brasileira a três dias do jogo contra a Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006. Sandro Rosell, vice-presidente do clube espanhol, está no Brasil desde quinta-feira. Neste sábado, ele passou o dia com Ricardo Teixeira, presidente da CBF, e na segunda-feira recebe Joan Laporta, presidente do clube, para fecharem o cerco a Luís Fabiano, Júlio Baptista e engordar o contrato de Ronaldinho Gaúcho. O clube espanhol tem pressa. Laporta e Rosell já definiram quantos milhões de dólares pretendem oferecer ao São Paulo para levar Luís Fabiano: US$ 16 milhões. E montaram um plano ambicioso para tirar Júlio Baptista do Sevilla. Quanto a Ronaldinho Gaúcho, marcaram reunião segunda-feira com Assis, irmão e procurador do jogador, para definir o aumento em seu salário. Rosell passou o dia deste sábado na fazenda de Ricardo Teixeira em Piraí, divisa de Minas e Rio. Neste domingo, volta ao Rio para dar prosseguimento às negociações com o São Paulo (Luís Fabiano) e Juan Figer (agente de Júlio Baptista). Terá a companhia de Laporta que vem ao Brasil a convite da CBF para acompanhar o jogo contra a Argentina, quarta-feira, em Belo Horizonte. Laporta vem mesmo para conhecer de perto os dois novos objetos do desejo do clube. Ele está disposto a pagar no máximo US$ 16 milhões por Luís Fabiano ? o São Paulo pede US$ 20 milhões. E por Júlio Baptista, oferece ? 15 milhões ? a cláusula de rescisão é de ? 36 milhões, mas o Sevilla aceita negociar desde que o Barça inclua alguns de seus jogadores no pacote. Luís Garcia é um deles. A situação de Luís Fabiano parece a mais simples para o comando do Barça. O projeto é garantir a prioridade do São Paulo, pagar parte dos US$ 16 milhões e levar o artilheiro apenas em dezembro. Luís Fabiano gostaria de ir embora já, depois da participação do São Paulo na Libertadores e não esperar até o final do ano. ?Quem não gostaria de jogar em um grande clube como o Barcelona? Mas minha prioridade agora é a seleção brasileira e o São Paulo.? Júlio Baptista também não esconde de ninguém o desejo de jogar pelo Barça. Mas prefere deixar para o Sevilla a decisão. ?É claro que seria interessante defender um grande clube como o Barcelona, mas não vou forçar nenhuma situação. Tenho consciência de que meu bom desempenho no Campeonato Espanhol despertou o interesse dos grandes clubes.? Figer, procurador de Júlio Baptista, foi convocado para uma reunião com Laporta e Rosell. Querem fechar primeiro o contrato com o jogador e depois bater na porta do Sevilla. Depois do encontro com Figer, Laporta e Rosell conversarão com Assis, irmão de Ronaldinho Gaúcho. Querem oferecer um ?plus? para bloquear Gaúcho no Barça. Ele tem contrato até 2007. O Chelsea quer o craque. Daí, o medo dos espanhóis. Ronaldinho não quer sair. ?Quero um Barcelona campeão?, disse o jogador neste sábado em Teresópolis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.