Barcelona vence na festa para Ronaldinho

Festa para Ronaldinho Gaúcho, o melhor do mundo, na vitória sobre o Celta, por 2 a 0, e liderança absoluta no Campeonato Espanhol, com 40 pontos ganhos. A terça-feira foi um dia que a torcida do Barcelona não vai esquecer tão cedo. Camp Nou lotado, como era de se esperar, para Barcelona x Celta de Vigo. O público explode com a entrada, lenta, dos jogadores do Barcelona. Mais ainda quando o número 10, Ronaldinho Gaúcho, entra correndo, diferente dos outros. A festa prosseguiu com Ronaldinho exibindo seu troféu de melhor do mundo, Eto?o, o de 3.º melhor, e Messi, o de revelação. Vibrando, entre o público, onde se viam vários desenhos e fotos de Ronaldinho Gaúcho, o melhor tenista espanhol, Rafael Nadal. O Barcelona deu a saída e, aos poucos, o melhor jogador do mundo foi desfilando seu repertório: um drible desconcertante, a 1 minuto e meio de jogo; um lançamento para Eto?o, aos 6; um chute cruzado, que sai perto do gol de Esteban, aos 8; cobra faltas e escanteios com perigo; dá um passe de calcanhar para Messi, aos 27. Mas o lance de gênio, de melhor do mundo mesmo, viria aos 37 minutos. Falta na ponta esquerda. Oubiña, do Celta, fica reclamando com o juiz e Ronaldinho bate correndo, em profundidade, nos pés de Eto?o, que entra em velocidade na área, pela esquerda, e, na saída de Esteban, chuta cruzado, sem defesa: 1 a 0. Tentou repetir o lance três minutos depois, sem sucesso. A dois minutos do fim do primeiro tempo, em disputa de bola com Angel, acerta o braço aberto no rosto do adversário, na malandragem. Volta menos espetacular no segundo tempo. Mesmo assim, é dele o passe para Iniesta, que gira e, entre dois zagueiros, põe a bola nos pés de Eto?o, entrando na área pela direita, aos 11 minutos: 2 a 0.

Agencia Estado,

20 de dezembro de 2005 | 19h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.