Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Barcos marca dois e Grêmio derrota o Corinthians em casa

Depois de um primeiro tempo fraco, gols de argentino dão vitória aos gaúchos; Guerrero, que foi expulso, marcou tento dos paulistas

Vítor Marques, O Estado de S. Paulo

24 de agosto de 2014 | 18h00

Mal havia começado o segundo tempo quando Barcos, num intervalo de três minutos, fez dois gols numa pane (mais uma) do sistema defensivo do Corinthians. A derrota por 2 a 1 para o Grêmio foi decidida nesse momento.O time de Mano Menezes perdeu seu primeiro jogo como visitante no Campeonato Brasileiro e caiu para o quarto lugar na tabela de classificação, atrás de Cruzeiro, São Paulo e Internacional.

Depois de sofrer os dois gols relâmpagos, o Corinthians até encontrou forças para buscar o empate. A bola na trave, num chute de Ralf, poderia ter entrado, e o juiz Heber Roberto Lopes poderia ter marcado um pênalti em lance polêmico.

Num bate-rebate dentro da área do Grêmio, a bola tocou no braço de Werley, desviando a trajetória de um chute de Romarinho. No final, Guerrero acertou uma cabeçada em Alan Ruiz e foi expulso.

Duas lições podem ser tiradas dessa derrota. Uma positiva. O Corinthians não jogou mal, apesar de erros de marcação nos gols de Barcos. Mano já havia voltado para casa com um ponto ou até com vitória com sua equipe jogando mal. A outra constatação. A defesa repetiu problemas de posicionamento, como havia acontecido contra o Goiás. Os dois gols de Barcos nasceram em jogada em cima do lado direito da defesa. Erros como esse não têm relação com a saída de Cleber.

No domingo, o Corinthians iniciou o jogo com duas mudanças em relação ao último jogo, a goleada sobre o Goiás por 5 a 2. Uma delas já esperada: a troca de Romero por Luciano, em alta pelos três gols marcados na quinta-feira.

Na prática, do ponto de vista ofensivo, a alteração não surtiu efeito. Luciano poderia ter mais presença de área. Quem deveria estar enfiado no meio dos zagueiros, Guerrero, jogou deslocado na ponta esquerda. O time perdeu um centroavante. A entrada de Luciano é boa para Jadson, que joga na faixa central. O que aconteceu de melhor foi a escolha de Lodeiro como titular. Canhoto, foi bem pelo lado esquerdo e tornou o time mais ofensivo e rápido.

O primeiro tempo foi disputado. O Corinthians teve o controle do jogo e das ações. Atacou mais, ainda que com pouca objetividade. O Grêmio, bem ao estilo Felipão, marcou muito bem o setor de meio de campo, obrigando Lodeiro, Jadson e Elias a trocarem passos curtos. O Corinthians só chegou ao ataque em condição de marcar o primeiro gol uma única vez, aos 44 minutos, quando Elias apareceu como elemento surpresa. Ele só não teve força suficiente para bater bem na bola.

Após a pane no início do segundo tempo, Mano refez o Corinthians. Sacou Lodeiro e colocou Romero. O time ficou com três atacantes e melhorou. Mais que isso: os jogadores não desmoronaram após os dois gols relâmpagos de Barcos e souberam voltar para o jogo.

Tão logo Guerrero diminuiu, aos 16, o Corinthians manteve o time no ataque viu o empate como algo palpável. O Grêmio, contudo, não recuou. E atacou com perigo com Dudu, passou a investir no contra-ataque e poderia até ter feito os 3 a 1. Pelo Brasileiro, o Corinthians recebe o Fluminense, domingo, no Itaquerão. Antes, na quarta-feira, o time viaja a Cuiabá para jogar contra o Bragantino pela Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 2 X 1 CORINTHIANS

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Matías Rodríguez, Werley, Rhodolfo e Zé Roberto; Ramiro, Felipe Bastos, Luan (Matheus Biteco) e Giuliano (Alan Ruiz); Dudu e Barcos (Walace). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos (Uendel); Ralf, Elias, Lodeiro (Romero) e Jadson; Luciano (Romarinho) e Guerrero. Técnico: Mano Menezes.

GOL - Barcos, aos 20 segundos e aos quatro minutos, e Guerrero, aos 16 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Héber Roberto Lopes (SC).

CARTÕES AMARELOS - Anderson Martins, Lodeiro, Elias (Corinthians); Rhodolfo, Matheus Biteco (Grêmio).

CARTÃO VERMELHO - Guerrero (Corinthians).

RENDA - R$ 1.413.807,00.

PÚBLICO - 32.294 pagantes (34.335 presentes).

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGrêmioCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.