José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Barrado, Emerson tem futuro em xeque no Corinthians

Atacante tem contrato com o clube paulista até julho de 2015

Agência Estado

22 de março de 2014 | 19h33

SÃO PAULO - A desgastada relação entre Emerson e Corinthians parece cada vez mais próxima do fim, e um capítulo neste sábado comprovou isso. O atacante treinou normalmente no CT Joaquim Grava, recuperado de dores na coxa direita, mas foi barrado por Mano Menezes e sequer foi relacionado para o duelo diante do Atlético Sorocaba, domingo, no Pacaembu, na despedida da equipe do Campeonato Paulista.

O episódio demonstra que o Corinthians conta cada vez menos com o jogador, herói da conquista da Libertadores de 2012, ao marcar os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre o Boca Juniors na final. Desde então, Emerson vem apresentando um futebol muito abaixo do que já mostrou, perdeu lugar no time titular e, agora, até no banco de reservas.

Mesmo vivendo má fase, o jogador acertou a renovação de contrato com o Corinthians por mais dois anos no meio de 2013. Com vínculo até julho de 2015, Emerson segue dizendo que pretende ficar no clube, que, por sua vez, já não parece tão entusiasmado com a ideia e procura outras equipes interessadas no atacante.

Durante esta semana, o empresário de Emerson, Reinaldo Pitta, se mostrou irritado com as especulações sobre seu cliente, disse que se a diretoria quer a saída do jogador deveria conversar com ele e garantiu ter "seis, sete, oito clubes interessados" no futebol do veterano de 35 anos.

Com a eliminação do Campeonato Paulista e a classificação à segunda rodada da Copa do Brasil, após a vitória de quarta-feira por 2 a 0 sobre o Bahia de Feira de Santana, o Corinthians só voltará a campo na estreia do Campeonato Brasileiro, no dia 20 de abril, contra o Atlético-MG. Com quase um mês até lá, há a possibilidade de que Emerson sequer volte a vestir a camisa do clube.

Sem ele, Mano Menezes deu nova oportunidade ao jovem Malcom, de apenas 17 anos, entre os relacionados para o ataque. Outra novidade na lista de 19 convocados é o zagueiro Pedro Henrique, garoto de 18 anos, que ganha uma chance no banco de reservas graças à expulsão de Cléber contra o Penapolense.

Confira a lista de relacionados do Corinthians:

Goleiros: Cássio e Danilo Fernandes.

Laterais: Fagner, Fábio Santos, Guilherme Andrade e Uendel.

Zagueiros: Gil, Felipe e Pedro Henrique.

Volantes: Ralf, Guilherme e Bruno Henrique.

Meias: Danilo, Renato Augusto e Jadson.

Atacantes: Luciano, Romarinho, Malcom e Paulinho

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansEmerson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.