Palmeiras; Futebol; Barrios
Palmeiras; Futebol; Barrios

Barrios deve ficar no banco de reservas do Palmeiras em clássico

'É possível, mas não é garantido', diz técnico Marcelo Oliveira

DANIEL BATISTA, Estadão Conteúdo

17 de julho de 2015 | 15h54

O técnico Marcelo Oliveira confirmou nesta sexta-feira que o atacante Lucas Barrios deve estrear pelo Palmeiras na partida contra o Santos, domingo, às 16 horas, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. A certeza sobre a participação do jogador só deverá se dar após uma conversa do paraguaio com o treinador, que teve um rápido encontro com o jogador, antes de começar o treino desta sexta.

"Chegamos de Curitiba ontem (quinta-feira). Só tive um contato com ele. Ele vai ter um contato maior com os jogadores e vamos aguardar. Vamos ver os sentimentos dele para ir ao jogo. Deve ser bom o estado físico, já que ele ficou pouco tempo parado. É possível, mas não é garantido (que ele vá para o jogo)", disse o treinador.

O fato do atacante ter feito poucos treinos juntos com os novos companheiros não parece ser uma preocupação para Marcelo. "A posição que ele joga permite que possa entrar logo no time. Se fosse um volante ou um zagueiro seria mais complicado. Mas pretendo escalá-lo gradativamente. Como opção, durante o jogo, pode entrar e de forma natural vai ocupando seu espaço".

Algo que faz o treinador não ter pressa para colocar Barrios em campo é o fato dos seus substitutos estarem dando conta do recado. O técnico já avisou que, por uma questão de coerência, não pode tirar Leandro Pereira da equipe.

"A gente tem que valorizar todo o grupo. De uma forma muito natural, o Barrios vai ocupar o espaço dele. É um jogador importante e de experiência internacional. Nesse momento, temos um atacante que está jogando bem, que é o Leandro Pereira. Por uma questão de coerência, não devo mexer e ele (Barrios) necessita conhecer melhor os jogadores e ir pegando entrosamento", explicou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.