Icaro Limaverde/Estadão
Icaro Limaverde/Estadão

Lucas Barrios e Zé Roberto podem ser as novidades do Palmeiras

Marcelo Oliveira precisa mexer mais uma vez na equipe

O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2015 | 11h00

O elenco do Palmeiras retorna para São Paulo na tarde desta quinta-feira e o técnico Marcelo Oliveira já começa a pensar no time para encarar o Flamengo, domingo, às 11h, no Allianz Parque. A equipe não poderá contar com lateral-esquerdo Egídio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, o time pode ter novidades.

O lateral-direito Lucas e o zagueiro Victor Ramos devem voltar ao time, após cumprirem suspensão. Sem poder contar com Egídio, Marcelo Oliveira espera para saber se terá João Paulo a disposição, já que o jogador está transição de uma recuperação de um problema muscular na coxa. Outra opção seria colocar o experiente Zé Roberto no setor. 

A grande expectativa fica para a presença do atacante Lucas Barrios. O paraguaio seria titular na partida contra o Cruzeiro, chegou a participar de dois treinamentos coletivos com o grupo, mas no último treino antes da partida realizada no último domingo, ele sentiu dores na panturrilha e desfalcou o time diante dos mineiros e contra o Coritiba, quarta-feira.

Ele está fazendo tratament e ainda não se sabe a real condição física do atacante. Caso continue fora, Marcelo Oliveira pode manter Alecsandro ou dar uma nova oportunidade para Leandro Pereira. A terceira opção seria testar Cristaldo, que tem entrado bem nos últimos jogos. 

Com 28 pontos na tabela, o Palmeiras ainda mantém um fio de esperança de conseguir atingir o objetivo traçado por Marcelo Oliveira, que é ficar entre os quatro primeiros ao término do primeiro turno, algo que acontecerá neste domingo. Para atingir a meta, o Alviverde precisa vencer o Flamengo e torcer por uma combinação de resultados. 

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.