Arquivo/AE
Arquivo/AE

Barueri afasta jogadores envolvidos em 'mala branca'

Goleiro Renê e atacante Val Baiano não enfrentarão o São Paulo neste sábado pelo Campeonato Brasileiro

Agência Estado,

30 de outubro de 2009 | 20h41

A diretoria do Barueri protagonizou, nesta sexta-feira, mais um capítulo da polêmica história sobre uma suposta "mala branca" do Cruzeiro para vencer o Flamengo. O goleiro Renê e o atacante Val Baiano foram afastados do elenco por tempo indeterminado e são desfalques contra o São Paulo, neste sábado, às 18h30, no Morumbi, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Veja também:

tabela SIMULADOR - Veja quem pode ser o campeão

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabelaClassificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

Em nota oficial, a direção justifica a medida para "preservas os jogadores", que ficaram expostos após algumas declarações dadas depois da vitória sobre o Flamengo. Os dois falaram abertamente que tinham uma premiação extra para vencer o time carioca, um dos que ainda briga pelo título da temporada.

 

Enquanto a diretoria jura desconhecer qualquer incentivo extra para a equipe, todos os jogadores do elenco foram aconselhados a não mais comentar o polêmico assunto, que dividiu opiniões e deixou o clube a mercê de uma punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

 

Apesar das duas baixas de última hora, o Barueri promete dar o máximo contra o São Paulo, outro concorrente ao título. "Nossa obrigação é lutar pela vitória, mesmo sabendo das dificuldades que teremos devido à força e à tradição do São Paulo", disse o técnico Luís Carlos Goiano, que estreou com o pé direito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.