Barueri derrota Atlético-MG e derruba o último invicto

Vitória por 4 a 2 coloca time paulista provisóriamente entre os quatro primeiros do campeonato

AE, Agencia Estado

27 de junho de 2009 | 18h32

O Barueri derrubou o último invicto do Campeonato Brasileiro. Em uma partida emocionante, o time paulista venceu o líder Atlético Mineiro por 4 a 2, neste sábado, na Arena Barueri, na Grande São Paulo, pela abertura da oitava rodada.

Veja também:

especial Mercado: as transferências dos times

especial MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especial Visite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela / tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Curiosamente, os donos da casa repetiram o placar da rodada passada, quando venceram o Cruzeiro, outro clube mineiro, mas em Belo Horizonte. Esta é a terceira vitória seguida e o quinto jogo sem derrotas do Barueri, que chegou aos 13 pontos. Por outro lado, o time visitante conheceu sua primeira derrota, mas segue na liderança com 17.

O Barueri construiu uma boa vantagem no primeiro tempo. O Atlético esteve longe de repetir as boas atuações dos jogos anteriores e foi facilmente dominado pelo time da casa. O primeiro gol saiu aos dez minutos. O meia Thiago Humberto aproveitou rebote na entrada da área e bateu colocado no canto direito do goleiro Aranha.

O segundo gol saiu ainda na primeira etapa, aos 31 minutos. O goleiro atleticano saiu jogando errado e dividiu com o atacante Pedrão. O rebote caiu nos pés do atacante Fernandinho, que só teve o trabalho de completar para o gol vazio.

Na volta do intervalo, o Atlético apresentou um pouco mais de atitude e conseguiu chegar ao empate com dois pênaltis. No primeiro, o zagueiro Xandão tentou cortar e pôs a mão na bola. Na cobrança, Diego Tardelli bateu com categoria. No segundo, o pênalti foi muito contestado, quando Alessandro, numa disputa de bola, caiu na área. Mas sem nada a ver com isso, Tardelli deixou tudo igual.

Quando tudo parecia definido, Thiago Humberto recolocou os donos da casa à frente, em cobrança de falta, aos 38 minutos. Ele bateu forte no canto do goleiro, que tinha a visão encoberta. Dois minutos depois, Marcos Pimentel fechou o placar, depois de rápida jogada pela esquerda e desvio de Fernandinho. Os mineiros ainda terminaram o jogo com nove jogadores porque nos últimos minutos foram expulsos Werley e Evandro.

Barueri 4 x 2 Atlético-MG

Barueri - Renê; Xandão, André Luiz e Leandro Castán (João Vitor); Éder (Marcos Pimentel), Ralf, Éwerton, Thiago Humberto e Márcio Careca; Fernandinho e Pedrão (Basílio). Técnico: Estevam Soares.

Atlético-MG - Aranha; Carlos Alberto, Alex Bruno, Werley e Júnior (Thiago Feltri); Renan (Alessandro), Jonílson, Márcio Araújo e Evandro; Éder Luís (Kléber) e Diego Tardelli. Técnico: Celso Roth.

Gols - Tiago Humberto, aos 10, e Fernandinho, aos 31 minutos do primeiro tempo; Diego Tardelli, aos 26 e aos 31 (ambos de pênalti), Thiago Humberto, aos 38, e Marcos Pimentel, aos 40 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - André Luiz, Eder, Thiago Humberto e Leandro Castán (Barueri); Alex Bruno, Jonílson e Carlos Alberto (Atlético-MG).

Cartões vermelhos - Werley e Evandro (Atlético-MG).

Árbitro - Péricles Bassols Cortez (RJ).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.