Barueri derrota Avaí e consegue sua primeira vitória

O Barueri conseguiu neste domingo a sua primeira vitória no Brasileirão, ao ganhar de virada do Avaí, por 3 a 1, na noite deste domingo, na Arena Barueri. A derrota levou o time catarinense para a lanterna do campeonato, com apenas quatro pontos, enquanto a equipe paulista passa a ter sete, em 15º lugar.

AE, Agencia Estado

14 de junho de 2009 | 20h43

Também em busca da primeira vitória no Brasileirão, o Avaí conseguiu abrir o placar logo aos sete minutos. Na cobrança de falta de Marquinhos, a bola parecia que ia para fora, mas o zagueiro Xandão desviou e o goleiro Renê falhou feio ao tentar defender: 1 a 0 para o time catarinense.

"Este gol provocou intranquilidade em nosso time e demoramos para voltar ao normal", contou o técnico Estevam Soares, do Barueri, no intervalo do jogo. Mas o Avaí ficou com um jogador a menos em campo logo aos 35 minutos do primeiro tempo, quando Émerson foi expulso, o que facilitou a virada.

Aí, no segundo tempo, o Barueri foi com tudo ao ataque e acabou conseguindo a vitória. O empate saiu aos 16 minutos, quando João Vitor lançou Everton, que virou rápido e chutou para marcar. Do outro lado, o Avaí ainda teve alguns contra-ataques, mas não soube aproveitar as chances criadas.

Assim, como o Avaí nada fez, o Barueri marcou mais um aos 37 minutos, quando Fernandinho fez bela jogada e cruzou para Pedrão, sozinho na pequena área, marcar. Dois minutos depois, Everton lançou Marcos Pimentel, que avançou sozinho e bateu cruzado para fazer 3 a 1 para o time paulista.

FICHA TÉCNICA:

Barueri 3 x 1 Avaí

Barueri - Renê; Xandão (João Vitor), André Luís e Leandro Castán; Éder (Marcos Pimentel), Ralf, Éverton, Thiago Humberto e Márcio Careca (Franciscatti); Fernandinho e Pedrão. Técnico - Estevam Soares.

Avaí - Eduardo Martini; Michel (Anderson Luís), André Turatto, Émerson e Uendel; Leo Gago, Marcos Winícius, Marquinhos e Muriqui; Lima (William) e Luis Ricardo. Técnico - Silas.

Gols - Marquinhos, aos 7 minutos do primeiro tempo; Everton, aos 16, Pedrão, aos 37, e Marcos Pimentel, aos 39 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Willian Marcelo de Souza Nery (RJ).

Cartões amarelos - Fernandinho, Márcio Careca, Marcos Pimentel, Muriqui e Leo Gago.

Cartão vermelho - Émerson.

Renda - R$ 11.780,00.

Público - 1.288 pagantes.

Local - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.