Barueri empata com o Marília e fica mais longe do G-4

Time fica no 2 a 2 em casa e vê mais longe o sonho de se classificar para a semifinal do Campeonato Paulista

Agencia Estado

24 de março de 2009 | 23h39

BARUERI - Mesmo jogando com um jogador a mais durante 20 minutos, o Barueri não foi além de um empate por 2 a 2 contra o Marília, nesta terça-feira, na Arena Barueri, pela abertura da 16.ª rodada do Campeonato Paulista. O sonho de alcançar as semifinais ficou mais complicado para a equipe da Grande São Paulo.

Veja também:

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

Com o empate, o Barueri chegou aos 26 pontos, quatro abaixo da Portuguesa, a quarta e última no G-4, e continua em sétimo lugar. Já o Marília segue em posição perigosa na parte de baixo da tabela. O time é o 17.º colocado, com 15 pontos.

Mas o clube do interior paulista começou bem a partida. Logo aos 11 minutos, Abuda completou cruzamento de Rafael Mineiro e abriu o placar. Aos 27, Pedrão empatou após cruzamento de Fernandinho. Pouco depois, aos 38, Thiago Humberto virou depois de passe de Márcio Careca, num lance parecido ao primeiro gol.

No segundo tempo, Ricardinho fez um belo gol de falta, aos cinco minutos, e deu números finais ao placar. O mesmo Ricardinho ainda foi expulso, aos 22, mas o Barueri não soube aproveitar a vantagem.

Os dois times voltam a campo neste final de semana, pela 17.ª rodada. O Barueri joga em casa contra o Santos, no sábado. No domingo, o Marília visita a Portuguesa, em São Paulo, no Canindé.

BARUERI 2 X 2 MARÍLIA

Barueri - Renê; Leanderson, Leandro Castán, João Leonardo e Márcio Careca; Ralf (Val Baiano), Fernandinho, Flávio (Esley) e Thiago Humberto; Basílio (Flavinho) e Pedrão. Técnico: Estevam Soares.

Marília - Giovanni; Rafael Mineiro, Flávio, Carlinhos e Adílio; Ataliba (Rodrigo Costa), João Vítor, Francis e Ricardinho; Abuda (Paulinho Dias) e Robert (Cláudio). Técnico: Leandro Campos.

Gols - Abuda, aos 11, Pedrão, aos 27, e Thiago Humberto, aos 38 minutos do primeiro tempo; Ricardinho, aos 5 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Flávio e Leandro Castán (Barueri); Ataliba (Marília).

Cartão vermelho - Ricardinho (Marília).

Árbitro - Guilherme Cereta de Lima.

Renda - R$ 6.730,00.

Público - 834 pagantes.

Local - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.