Divulgação/VipComm
Divulgação/VipComm

Barueri ganha do Cruzeiro no Mineirão por 4 a 2

Pedrão faz dois no triunfo da equipe paulista e se isola na artilharia do Brasileirão, com seis gols

Ivana Moreira, Agencia Estado

21 de junho de 2009 | 20h55

Com um time cheio de reservas, já que alguns titulares foram poupados para a semifinal da Libertadores contra o Grêmio, o Cruzeiro acabou perdendo em casa neste domingo. O algoz foi o Barueri, que foi ao Mineirão e ganhou por 4 a 2, em jogo válido pela 7ª rodada do Brasileirão.

Veja também:

lista Baixe o papel de parede dos mascotes do Brasileirão

especialVisite o canal especial do Brasileirão

especialJogue o Desafio dos Craques

lista Brasileirão - Calendário

tabela Brasileirão - Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Foi o fim de uma invencibilidade de nove meses do Cruzeiro no Mineirão, onde não perdia desde setembro do ano passado, quando caiu diante do Palmeiras no Brasileirão. Assim, a equipe mineira segue com sete pontos no campeonato atual. O Barueri, por outro lado, foi aos 10 pontos com a grande vitória.

Embalado pela grande classificação para as semifinais da Libertadores, após ganhar do São Paulo na última quinta-feira, o Cruzeiro teve um começo arrasador neste domingo. Logo aos dois minutos, Jonathan abriu o placar para o time mineiro. Mas o Barueri virou ainda no primeiro tempo do jogo.

Aos 10 minutos, Thiago Humberto empatou o jogo para o Barueri. E aos 25, Pedrão virou para os visitantes. O Cruzeiro, no entanto, ainda teve forças para igualar novamente o placar no primeiro tempo. Foi aos 43, quando Wellington Paulista fez 2 a 2. Mas isso não foi suficiente para o time mineiro.

No começo da segunda etapa, o Barueri voltou a ficar na frente logo aos três minutos, com o gol do lateral-esquerdo Márcio Careca. A chance de reação cruzeirense na partida acabou logo depois, quando o estreante Fabinho foi expulso e deixou os donos da casa com um jogador a menos em campo.

Aí, com um jogador a mais em campo, o Barueri ainda conseguiu fazer mais um gol. Foi aos 29 minutos, novamente com o atacante Pedrão, que já tem seis gols, na artilharia isolada do Brasileirão. Depois disso, o Cruzeiro não teve mais como reagir, amargando a derrota em pleno Mineirão.

CRUZEIRO 2 X 4 BARUERI

Cruzeiro - Fábio; Jancarlos, Léo Fortunato, Anderson e Vinícius (Bernardo); Fabinho, Jonathan, Marquinhos Paraná e Wagner; Wellington Paulista (Zé Carlos) e Wanderley (Kléber). Técnico: Adilson Batista.

Barueri - René; André Luiz, Xandão e Leandro Castan; Éder (Marcos Pimentel), Ralf, Thiago Humberto (Val Baiano), Ewerton e Márcio Careca; Pedrão (João Vítor) e Fernandinho. Técnico: Estevam Soares.

Gols - Jonathan, aos 2, Thiago Humberto, aos 10, Pedrão, aos 25, e Wellington Paulista, aos 43 minutos do primeiro tempo; Márcio Careca, aos 3, e Pedrão, aos 29 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Leonardo Gaciba (Fifa/RS).

Cartões amarelos - Bernardo, Léo Fortunato, Wellington Paulista, Kléber, Ralf, Xandão e João Vítor.

Cartão vermelho - Fabinho.

Local - Estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.