Barueri ganha e estraga festa do centenário do Coritiba

Em casa, paranaenses perderam por 2 a 1 e ficam perto da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro

Evandro Fadel, Agencia Estado

10 de outubro de 2009 | 20h48

O Coritiba esperava antecipar a comemoração do seu centenário, que acontece na segunda-feira, mas foi derrotado pelo Barueri, por 2 a 1, neste sábado, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Assim, com o tropeço em casa na 29.ª rodada do Brasileirão, o time paranaense acabou frustrando o seu torcedor.

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com uma atuação muito abaixo do que vinha apresentando nos jogos em casa, o Coritiba não soube sair da boa marcação do Barueri e ficou estacionado nos 34 pontos, ainda ameaçado pelo rebaixamento. O time paulista, por sua vez, subiu aos 40 pontos e se afastou da zona de perigo no campeonato.

O jogo começou bastante truncado, com muita marcação e erros de passe no meio-de-campo, o que não era interessante para nenhum dos dois times, que precisavam somar pontos para afastar o risco de rebaixamento o mais rápido possível.

Cobrado pela torcida que foi em bom número ao Estádio Couto Pereira, o Coritiba até que tentava tomar a iniciativa do jogo, mas os atacantes não conseguiam maior qualidade na hora da finalização, não aproveitando nem mesmo as cobranças das várias faltas cometidas pelo setor defensivo do Barueri.

O Coritiba voltou um pouco mais organizado no setor ofensivo para o segundo tempo, com a entrada do atacante Marcos Aurélio no lugar do volante Jailton. Mas o Barueri não se intimidou. Armou-se na defesa e esperou algum erro do adversário para partir no contra-ataque. E ele aconteceu aos 29 minutos, quando Pereira falhou e Márcio Careca entrou livre para fazer 1 a 0.

Na pressão, o Coritiba chegou ao empate aos 34 minutos, com o atacante Bruno Batata aproveitando cruzamento de Makelele. Mas Thiago Humberto chutou forte, já aos 46, para garantir a vitória do Barueri e estragar a festa do centenário do clube paranaense.

CORITIBA 1 X 2 BARUERI

Coritiba - Edson Bastos; Ângelo (Makelele), Dirceu, Pereira e Renatinho; Jailton (Marcos Aurélio), Leandro Donizete, Pedro Ken (Leozinho) e Carlinhos Paraíba; Marcelinho Paraíba e Bruno Batata. Técnico - Ney Franco.

Barueri - Renê; Xandão, André Luiz e Leandro Castán; Éder, Ralf, João Vítor, Thiago Humberto (Márcio Hahn) e Márcio Careca; Otacílio Neto (Henrique Dias) e Fernandinho (Bruno). Técnico - Diego Cerri.

Gol - Márcio Careca, aos 29, Bruno Batata, aos 34, e Thiago Humberto, aos 46 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Péricles Bassols Cortez (RJ).

Cartões amarelos - Bruno Batata, Marcelinho Paraíba, Jailton, Ângelo, Makelele, Márcio Careca, Otacílio Neto, Leandro Castán e Éder.

Renda - R$ 237.940,00.

Público - 15.864 pessoas.

Local - Estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.