Barueri inova e anuncia três técnicos para o Paulistão

Enquanto a contratação de Ronaldo pelo Corinthians agita o mercado do futebol brasileiro, a direção do Barueri apresenta uma inovação para a temporada 2009. O presidente Walter Sanches confirmou que o time vai ter três técnicos para o Campeonato Paulista.Toninho Moura, em tese, será o técnico principal, cuidando dos trabalhos de campo e de vestiários. Mas será auxiliado por Luis Carlos Goiano, ex-volante do São Paulo, e por Diego Cerri, das categorias de base. "Eles vão cuidar de todos os detalhes do futebol. Assim não vamos ter um gerente ou supervisor com atuação mais imperativa no departamento de futebol", explicou o presidente Sanches.Destes três, Moura é mesmo o mais experiente. Ex-meia do São Paulo na década de 70, ele dirigiu vários times do interior como o Taubaté, o São José e o próprio Barueri. Seu último trabalho foi com o Grêmio Osasco, um dos times que conseguiu o acesso na Segunda Divisão do estado. "Teremos uma comissão técnica com funções divididas", confirmou o técnico principal."Será uma gestão diferente, com o comando dividido. Se uma cabeça pode pensar bem, três cabeças juntas podem pensar muito melhor", acredita Sanches. Sob seu comando, o clube conseguiu seis acessos em sete anos de profissionalismo, o último deles chegando à Série A do Brasileiro. Na sua campanha dentro da Série B, o Barueri teve quatro técnicos: Émerson Ávila, Heriberto Cunha, Márcio Araújo e Fábio Luís, do time de juniores, mas que dirigiu o time de forma interina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.