Barueri vai marcar mais forte para derrotar o Palmeiras

O Barueri vive uma situação que pode parecer paradoxal, mas não para o técnico Estevam Soares. O caçula do Campeonato Brasileiro recebe o Palmeiras, neste domingo, às 18h30, na Arena Barueri, atrás de sua primeira vitória na história. Mas a única mudança confirmada está no setor defensivo: a estreia de André Luís, ex-zagueiro de Santos e do Botafogo.

AE, Agencia Estado

31 de maio de 2009 | 09h10

A explicação sai rapidamente da boca do próprio treinador do Barueri. ?Nosso time, naturalmente, tem vocação para fazer gols. Mas neste tipo de campeonato, não se admite errar tanto na marcação. Uma bobeada pode significar uma derrota porque o nível técnico é alto?, disse Soares. ?Não adiante fazer três gols e levar três?, concluiu.

Ele acredita que o equilíbrio entre a força ofensiva e a marcação poderá acontecer com a estreia de André Luis, confirmado no lugar de Diego Castán. ?O André treinou bem nos últimos dias e a sua experiência será fundamental para ganharmos mais força na marcação?, completou o treinador.

No mais, nenhuma novidade. O time se arma no esquema 4-4-2, com uma variação ofensiva quando tem a posse da bola. O meia Thiago Humberto encosta nos atacantes Fernandinho e Pedrão. Por enquanto, o ataque só marcou dois gols em três jogos, mas no Paulistão Pedrão balançou as redes 16 vezes e Thiago Humberto, mais oito.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroBarueri

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.