Batata quer saída honrosa em Matão

Praticamente de malas prontas para Recife, o atacante Gílson Batata quer se despedir da Matonense com vitória. O jogador está acertando sua transferência para o Sport-PE e na próxima semana já deve se desligar do time de Matão.Segundo o atacante, o convite foi feito pelo técnico Levir Culpi, com quem Gílson ainda não trabalhou. "Conheço o Levir das vezes em que enfrentei o São Paulo. Sempre gostei do seu método de trabalho, além disso ele é uma pessoa tranqüila e que entende os jogadores", assegurou.Apesar de afirmar que ainda falta uma conversa final entre as diretorias dos dois clubes, Gílson Batata entra em campo neste domingo, contra o Botafogo, em ritmo de despedida. "Já acertamos a base financeira e o acordo está bem próximo de acontecer. Mas, como a Matonense tem um jogo muito importante contra o Botafogo, acho que a liberação vai acontecer somente na próxima semana", comentou. O Sport Recife também mostrou interesse pelo meia Silvinho, mas a diretoria da Matonense ainda estuda a proposta feita pelo clube pernambucano.Para o jogo deste domingo, em casa, o time de Matão vai ter a volta do lateral Piá Carioca, que cumpriu suspensão na rodada passada. "Sei das dificuldades que estamos enfrentando e acho que vou manter a base porque o tempo é curto para fazer grandes mudanças", adiantou o técnico Fito Neves, que fará sua estréia. No começo da semana ele substituiu Mauro Fernandes, demitido após a derrota para a Portuguesa de Desportos, por 2 a 0. A Matonense é a lanterna da Série A-1 do Campeonato Paulista de 2001, com apenas sete pontos ganhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.