Batistuta deixa seleção após Mundial

O centroavante Gabriel Batistuta anunciou nesta terça-feira que pretende deixar de jogar pela seleção argentina depois do Mundial de 2002. Com o anúncio, o atacante coloca um ponto final em uma série de informações desencontradas sobre o assunto veiculadas hoje, quando se chegou a dizer que ele teria intenção de abandonar o futebol depois da copa.?Não vou parar com o futebol. Quando falei sobre isso, me referia apenas à seleção argentina?, retificou o jogador da Roma durante um intervalo dos treinos de hoje no estádio Santiago Bernabeu, em Madri. Nesta quarta, a equipe italiana enfrenta o Real Madrid pela quinta rodada da Liga dos Campeões da Europa.

Agencia Estado,

23 de outubro de 2001 | 16h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.